Ministério Público faz vistoria na Secretaria de Meio Ambiente de Coari

US - R$ 4,13

×

Ministério Público faz vistoria na Secretaria de Meio Ambiente de Coari

Em setembro, a prefeitura de Coari foi alvo da Operação Patrinus, que prendeu o prefeito da cidade, Adail Filho, e expediu 70 mandados de busca e apreensão.

Prefeito de Coari, Adail Filho, foi preso na Operação Patrinus. (Foto: Divulgação)

Por determinação do promotor Wesley Machado, a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Coari foi alvo de inspeção do Ministério Público do Amazonas (MPAM). A ação ocorreu no último dia 12 e teve por objetivo o recolhimento de documentos. 

Segundo informações especificadas  no mandado de inspeção, o promotor esclarece que a determinação para o recolhimento dos documentos públicos estão no âmbito das investigações do Inquérito Civil Público 5/2019.

O despacho também explica que a documentação deveria ser entregue sem resistência, sob pena de prisão em flagrante.

Operação Patrinus

Em setembro, a prefeitura de Coari foi alvo da Operação Patrinus, que prendeu o prefeito da cidade, Adail Filho, e expediu 70 mandados de busca pessoal e de busca e apreensão, cumpridos em domicílios, órgãos públicos e em sedes de empresas.

Além do chefe do Executivo Municipal da cidade, foram alvos da ação secretários municipais, vereadores, empresários de Coari e Manaus, além da deputada estadual Mayara Pinheiro (PP), irmã de Adail e ex vice-prefeita do município.

O grupo estaria envolvido em um esquema criminoso que movimentou aproximadamente mais de R$ 100 milhões, entre os anos de 2017 e 2018, referentes à licitações, dispensas indevidas de licitações e contratos superfaturados.

 

Faça um comentário