Quatro adolescentes são apreendidos por envolvimento em morte de motorista de aplicativo - Amazonas1
21 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Quatro adolescentes são apreendidos por envolvimento em morte de motorista de aplicativo

O crime ocorreu no dia 18 de outubro de 2020, na avenida dos Oitis, bairro Armando Mendes, zona Leste de Manaus

Quatro adolescentes são apreendidos por envolvimento em morte de motorista de aplicativo
Foto: Alailson Santos / PCAM

Quatro adolescentes foram apreendidos em Manaus por ato infracional análogo ao crime de latrocínio, entre essa quarta-feira (3) e quinta-feira (4). Eles são suspeitos de participarem da morte de um motorista de aplicativos, no ano passado.

As prisões foram feitas pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), em cumprimento de mandados em razão de sentença condenatória.

Dos adolescentes apreendidos, por ato infracional análogo ao crime de latrocínio que teve como vítima um motorista de aplicativo de 42 anos,  um deles têm 15 anos, outro 16, os outros dois 17.

O crime ocorreu no dia 18 de outubro de 2020, na avenida dos Oitis, bairro Armando Mendes, zona leste.

De acordo com a delegada Elizabeth de Paula, titular da Especializada, na ocasião do delito, os adolescentes tentaram furtar o automóvel da vítima. No entanto, no momento em que eles foram colocá-lo no porta-malas do carro, o homem reagiu e foi morto com diversos socos, tapas e pontapés por parte dos autores.

Leia mais: Droga é encontrada dentro de máquina de lavar roupas em embarcação

“Iniciamos as diligências após as ordens judiciais serem expedidas, no dia 1° de fevereiro deste ano, pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, do Juizado da Infância e Juventude Infracional. Sendo assim, nós nos deslocamos aos endereços para cumprirmos os mandados”, relatou a delegada.

Apreensões – Os adolescentes foram apreendidos em suas respectivas residências, localizadas nos bairros Zumbi dos Palmares e Gilberto Mestrinho, ambos na zona leste da capital.

Procedimentos – Eles irão responder por ato infracional análogo ao crime de latrocínio.

Após os procedimentos cabíveis na Deaai, o adolescente de 15 anos foi encaminhado para o Centro Socioeducativo Senador Raimundo Parente, no bairro Cidade Nova, zona norte. Os demais foram levados para o Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, no bairro Alvorada, zona centro-oeste, onde irão permanecer à disposição da Justiça.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]