Manaus, 12 de julho de 2024
×
Manaus, 12 de julho de 2024

Cidades

Seduc cria grupo para implantar projeto com a Google

Seduc cria grupo para implantar projeto com a Google

Decreto foi publicado pela Seduc no último dia 16 (Foto: Reprodução/Facebook)

O governo publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto que cria o Grupo de Trabalho para implantar e acompanhar o programa ‘Conectar’, em parceria com a empresa Google, no âmbito da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Nesta semana, servidores informaram que a pasta avalia contratar um serviço de consultoria orçado em R$ 20,94 milhões, da empresa Nuvem Mestra, parceira dos negócios da Google no Brasil na Região Norte.

Decreto foi publicado pela Seduc no último dia 16 (Foto: Reprodução/Facebook)

Segundo publicou o Site Amazonas1, há menos de dois meses, a Nuvem Mestra tinha como representante comercial, em Manaus, o atual secretário executivo da pasta, Marcelo Henrique Campbell da Fonseca.

Questionada sobre o custo do programa Conectar para o governo do Estado e se o secretário executivo ofereceu os serviços de consultoria sobre as ferramentas Google, a Seduc não respondeu até a edição desta reportagem.

Leia também

Seduc avalia contratar, por R$ 20 milhões, serviço que executivo da pasta tentou vender

O decreto traz em anexo um cronograma que prevê atividades desde o piloto, que começou em fevereiro, até o evento de encerramento ou expansão.

No último dia 11, a Seduc informou que capacitou professores para utilização das ferramentas tecnológicas em sala de aula por meio da plataforma ‘Google para Educação’.

Além das formações presenciais, os professores da capital e do interior terão, também, a qualificação à distância, por meio da plataforma Google Sala de Aula (Google Classrom).

De acordo com o formador Google Innovator  do Programa Conectar, Tiago Pereira, por meio de oficinas, a capacitação inclui a demonstração das ferramentas, onde deve localizá-las e o que você deveria fazer. “A partir do momento que há a demonstração, os professores, os multiplicadores também já começam a utilizar”, explicou.

Sem custo?

A parceria entre a Seduc e a Google vem desde 2015.  Quando a parceria foi anunciada pelo então governador José Melo, em abril do mesmo ano, a gerente do Google, Thais Moraes, declarou, em Manaus, que o projeto não iria gerar custo algum para o Estado.

Segundo ela, o projeto já possuía todos os investimentos necessários. Com a parceria, professores e alunos teriam acesso gratuito aos serviços e aplicativos digitais da Google Educação.

Na portaria publicada pelo governo, nesta semana, consta que as despesas para a execução do decreto que criou o Grupo de Trabalho “correrão à conta” da Seduc.