Três estabelecimentos foram fechados por descumprir decreto em Manaus - Amazonas1
1 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Três estabelecimentos foram fechados por descumprir decreto em Manaus

Os locais foram fechados durante ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF) na zona Sul da capital no fim de semana

Três estabelecimentos foram fechados por descumprir decreto em Manaus
Foto: divulgação

A Central Integrada de Fiscalização (CIF) fechou três estabelecimentos na zona sul da capital entre a noite de domingo (17) e madrugada de segunda-feira (18) por descumprimento do Decreto Governamental que restringe o funcionamento do comércio após às 19h.

Além de fechados, dois estabelecimentos foram autuados pelos órgãos sanitários. Ao todo, a CIF realizou a fiscalização em 25 estabelecimentos

No Educandos, um bar foi orientado e fechado. Na rua José Paranaguá, no Centro, outro bar foi encontrado funcionando, sendo autuado pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) e pelo Procon-AM. Na avenida Ayrão, também no Centro, uma lanchonete que funcionava com delivery fora do horário permitido, também foi fechada. Por haver irregularidades, o local também foi autuado.

A CIF acontece todos os finais de semana com o objetivo de fiscalizar estabelecimentos comerciais, verificando se o decreto governamental está sendo cumprido.

Participam da CIF equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM); Ouvidoria da SSP-AM; Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM); Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus); Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU); Defesa Civil e Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM).

(*) Com informações da assessoria 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading