Trezena de Santo Antônio encerra com procissão e missa nesta segunda-feira, em Manaus

Em Manaus, o festejo deste ano tem como tema: “Santo Antônio: educador na fé, pregador do Evangelho”
RAYRA LIMA – PORTAL AM1
Publicado em 13/06/2022 04:44
Foto: Antônio Mendes

MANAUS – Nesta segunda-feira, 13 de junho, é comemorado o Dia de Santo Antônio, conhecido popularmente no Brasil como “Santo Casamenteiro”, tornou-se famoso por dar aquela ajudinha para quem busca o matrimônio e busca nas simpatias e na fé o grande amor. O nome de batismo do Santo é Fernando Antônio de Bulhões e é considerado pelos fiéis em todo o mundo como o Santo padroeiro e protetor dos pobres e dos enfermos e de muitas profissões. Mesmo quem não é católico já ouviu falar de Santo Antônio e seus milagres.

Leia mais: 64° Festival Folclórico do Amazonas inicia neste domingo no Centro Cultural Povos da Amazônia

A data abre as comemorações das festas juninas – Santo Antônio, São João e São Pedro. Devotos aproveitam a data para renovar a fé por meio de novenas e trezenas, como forma de agradecimento pelas graças alcançadas ou simplemente por dedicação e devoção ao padroeiro.

Em Manaus, o festejo deste ano tem como tema: “Santo Antônio: educador na fé, pregador do Evangelho” com início na sexta-feira (10), na Paróquia de Santo Antônio, localizada no bairro do mesmo nome, o trezenário encerra nesta segunda-feira (13), com a procissão e missa, programadas para às 17h30.

Leia mais: PM do Amazonas se torna a maior referência em tratamentos terapêuticos do país

DEVOÇÃO AO PADROEIRO

Devota ao santo há pelo menos 19 anos, a assistente social Rivoneide Alves da Silva, de 39 anos, revela como a paixão pelo padroeiro surgiu:

“Sou apaixonada pelo homem simples que se tornou um grande Santo desde quando eu entrei na comunidade, aos meus nove anos, e comecei a conhecer a vida e história de Santo Antônio. Constituí família, depois fui embora do bairro e da comunidade. Porém, depois de alguns anos voltei a morar aqui no bairro Colônia Santo Antônio, onde estou como coordenadora e estamos na luta pela construção da igreja nova de Santo Antônio”, explanou a devota.

Leia mais: Milagres alcançados por meio da fé em Nossa Senhora Aparecida

Apesar de ser reconhecê-lo como santo casamenteiro, Rivoneide declara que recorre a ele quando se encontra tensa por algo. “Considero o Santo Antônio muito forte, pois, quando estou desesperada por algo eu corro aos pés do santo para ele interceder a Jesus por mim. Sempre tenho minhas preces respondidas”, confidencia.

Programação

A Paroquia de Santo Antônio realiza missas de celebração ao santo durante todo o mês de junho.

Confira a programação:

Foto: Divulgação

O santo Fernando Antônio de Bulhões, Santo Antônio, nasceu em Lisboa, Portugal, em 15 de agosto de 1195. Aos 19 anos, ingressou no Mosteiro de São Vicente dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Em 13 de junho de 1230, com apenas 36 anos, morreu em Pádua, na Itália, motivo pelo qual passou a ser conhecido como Santo Antônio de Pádua.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS