Alessandra alfineta Dermilson: 'só fala besteiras', que rebate: 'você não manda nem na sua casa' - Amazonas1
22 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Alessandra alfineta Dermilson: ‘só fala besteiras’, que rebate: ‘você não manda nem na sua casa’

A discussão aconteceu, nesta quinta-feira (4), durante a realização do grande expediente na Assembleia Legislativa do Amazonas

Alessandra alfineta Dermilson: ‘só fala besteiras’, que rebate: ‘você não manda nem na sua casa’
Foto: Hudson Fonseca/Aleam

Durante a sessão da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã festa quinta-feira (4), a deputada Alessandra Campêlo (MDB) e o deputado Dermilson Chagas (Podemos) trocaram “farpas e acusações”.

Após pronunciamento de Dermilson, sobre uma possível irregularidade na construção de uma guarita na Secretaria de Educação e Desporto (Seduc), Campêlo disse que alguns parlamentares só “falam besteiras”.

“Essa obra foi feita sem licitação no governo de Amazonino. Esse dinheiro pode sim ser utilizado no interior, desde que o senhor, deputado Dermilson, peça para Amazonino devolver”, alfinetou Alessandra.

Ela prosseguiu falando que a guarita foi construída na gestão de Amazonino Mendes (Podemos), a quem o parlamentar sempre defendeu e, perguntou se Dermilson tinha perdido a memória e só recobrou agora, após três anos do fim da gestão de “Mazoca”.

Por sua vez, Dermilson disse que a deputada perde muito tempo defendendo a atual gestão, esquece de defender a causa das mulheres, que Alessandra tanto “prega”, e que a mesma “não manda nem na casa dela”, deixando de fazer o que se comprometeu com a população para defender o Governo.

“A obra não é nem do governo de Amazonino e foi paga em 2019, com o secretário Luiz Castro. Então deputada em vez de defender as mulheres, que só de ultrassonografia transvaginal tem mais de 11 mil mulheres, e eu não a vejo defendendo. Ela não consegue mandar nem em casa e vem me chamar à atenção”, rebateu Dermilson.

Wilker também “comprou a briga” e disse que se no passado a oposição “comeu abiu” não é problema dele.

A briga entre os parlamentares já é antiga e no mês passado Alessandra chegou a chorar dentro do plenário, em mais uma sessão acalorada, entre ela, Dermilson e Wilker Barreto.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]