Coronavírus já infectou mais de 500 pessoas no Amazonas
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

25 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Amazonas já ultrapassou os 500 infectados pelo novo coronavírus

Vírus alcançou mais três municípios no interior do Amazonas e nas últimas 24 horas foram registrados mais 115 novos casos de Covid-19.

Amazonas já ultrapassou os 500 infectados pelo novo coronavírus
foto: Reprodução Facebook

O Amazonas tem 532 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Nas últimas 24 horas foram confirmados 115 novos casos de Covid-19. Dezenove pacientes já morreram e nove óbitos estão em investigação.

Em isolamento domiciliar estão 387 pessoas, dessas, 44 já são consideradas curadas. O número de pacientes internados chega a 226, sendo que 42,4% estão na rede privada.

Na live de atualização dos casos de coronavírus desta segunda-feria, a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary Pinto informou que três novos municípios confirmaram casos de coronavírus, são eles: São Gabriel da Cachoeira, Novo Airão e Jutaí.

Do total de casos confirmados, 473 são em Manaus e 59 no interior.

Foram diagnosticados casos positivos em Parintins (4), Iranduba (3),  Manacapuru (28), Itacoatiara (8),   Santo Antônio do Içá (7), Boca do Acre (1), Anori (1), Novo Airão (1), Careiro da Várzea (1), São Gabriel da Cachoeira (1), Novo Airão (1), Jutaí (1) e Tonantins (3).

Leia mais: Deputado defende saque do FGTS por três meses por causa do coronavírus

O secretário da Susam, Rodrigo Tobias, alertou que o sistema de saúde em Manaus ainda não entrou em colapso, porém, falta pouco para isso acontecer.

“Nosso sistema é limitado, amanhã esses números podem aumentar”, disse Tobias.

“Se eu pudesse colocar  em porcentagem, diria que estamos chegando a 95% de capacidade mínima de leitos de UTI”, declarou o secretário.

Em caso de óbito de coronavírus, o corpo deverá ser recolhido pela funerária. “A Anvisa e o Ministério da Saúde definiram protocolos em que afirmam que as funerárias devem fazer a remoção em casos de Covid-19”, disse a diretora-presidente da FVS, Rosemary Pinto.

Leia mais: Em entrevista, prefeito diz que sistema de saúde em Manaus já colapsou

Reforço

O governo do Amazonas vai contar com mais 400 leitos clínicos oriundos do hospital da Nilton Lins, que segundo o governador Wilson Lima, poderão ser adaptados para leitos de UTI, conforme a necessidade de atendimento e disponibilidade de equipamentos.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias