Bi Garcia dispensa licitação para comprar ambulanchas por quase meio milhão
25 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Bi Garcia dispensa licitação para comprar ambulanchas por quase meio milhão

Bi Garcia também dispensou licitação para aquisição de peças para as ambulanchas.

Bi Garcia dispensa licitação para comprar ambulanchas por quase meio milhão
Foto: Prefeitura de Parintins

Em Parintins, o prefeito Bi Garcia vai comprar, por quase meio milhão, uma ambulância aquática, chamada de ‘ambulancha’, que serve para atender e transportar doentes e feridos no município. Segundo a publicação no Diário Oficial dos Municípios (DOM), de sexta-feira, 19, a aquisição será feita sem licitação.

Conforme o extrato de Termo de Dispensa de Licitação nº 015/2020 e o extrato do contrato, Bi Garcia vai pagar o total de R$ 495.000,00 pela “aquisição de lancha tipo ambulancha para o enfretamento da emergência covid- 19”.

Ainda segundo o documento, a compra será feita por meio do Fundo Municipal de Saúde e a empresa contratada é a Indra Comercio de Máquinas e Motores Ltda, inscrita no CNPJ Nº 02.450.409/0001-35.

Em consulta ao site da Receita Federal, o Portal Amazonas1 apurou que a empresa fica localizada no bairro Aleixo, na zona Sul de Manaus. Além disso, realiza serviço de “construção de embarcações para uso comercial e para usos especiais, exceto de grande porte”. Segundo a Receita, os donos da empresa são Fredson da Silva Sobrinho e Luciana Carretilha Sobrinho.

Peças para ambulanchas

Na mesma publicação do DOM, Bi Garcia também dispensou licitação para “aquisição de peças para as ambulanchas para o enfretamento da emergência covid- 19” por R$ 109.529,40. O valor será pago à empresa H. F. Picanço – ME, inscrita no CNPJ nº 10.669.402/0001-37, com nome fantasia de Ferragens Menina. A empresa fica localizada em Parintins e realiza serviço de “comércio varejista de materiais de construção em geral”.

Empresa

Em nota enviada ao Portal AM1, a empresa Indra disse que foi procurada pela prefeitura para uma compra em caráter emergencial de três ambulanchas e não apenas uma, sendo o preço por unidade R$ 165 mil. A empresa disse, ainda, que a publicação no Diário Oficial está descrita de forma equivocada e que está solicitando que o município retrate a publicação com mais informações.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading