Prefeito decreta toque de recolher em Manacapuru
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

25 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Em Manacapuru, prefeito prorroga decreto de calamidade pública e toque de recolher

Manacapuru é o município que registra o maior número de casos confirmados do novo coronavírus, com 28 infectados até esta segunda-feira, 6. 

Em Manacapuru, prefeito prorroga decreto de calamidade pública e toque de recolher
Prefeito Beto D'Ângelo (Foto: Reprodução/Facebook)

O prefeito de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), Beto Dangelo (Pros), prorrogou por mais 30 dias, o  estado de calamidade pública na cidade.

Além disso, o gestor decretou toque de recolher das 20h até as 6h no dia seguinte. No interior, o município registra o maior número de casos confirmados do novo coronavírus, com 28 infectados até esta segunda-feira, 6. 

“Quem descumprir o toque de recolher poderá incidir na prática dos crimes previstos no arts. 267, §§ 1º e 2º e art. 268, ambos do Código Penal, poderá ser indiciado e processado por crimes contra a Saúde Pública, como causar epidemia ou infringir medida sanitária preventiva, e de desobediência”, diz um trecho do documento. 

O decreto prorroga, ainda, a suspensão de eventos de qualquer natureza na cidade e os atendimentos comerciais que não fazem parte de serviços essenciais. 

Outra medida prevista no decreto trata sobre as associações de mototaxistas e táxis fretes reduzirem em 30% a circulação de veículos no município, com objetivo de auxiliar no combate ao coronavírus. 

As medidas, inicialmente por 15 dias, fazem parte de uma série de ações previstas no decreto assinado no último dia 18 de março. 

Confira documento na íntegra

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias