MPF investiga Bi Garcia por distribuir cestas básicas em ano eleitoral - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

27 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

MPF investiga Bi Garcia por distribuir cestas básicas em ano eleitoral

Na sexta, o prefeito de Parintins registrou nova ata de mais R$ 800 mil para comprar cestas básicas e distribuir; prática é vedada pela Justiça Eleitoral

MPF investiga Bi Garcia por distribuir cestas básicas em ano eleitoral
Prefeito de Parintins, Bi Garcia (Foto: Divulgação)

O prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), terá que se explicar ao Ministério Publico Federal (MPF) do porquê de estar distribuindo cestas básicas em ano eleitoral, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social de Parintins (Semasth).

A abertura do Procedimento Administrativo Eleitoral para apurar a regularidade da distribuição de bens à população está publicado no Diário Oficial do MPF desta segunda-feira (14) pela promotora Marina Campos Maciel. Veja abaixo:

Bi Garcia (DEM), prefeito de Parintins, vai disputar a reeleição com o apoio do PSD, PSL, PSDB, PDT, PL, Solidariedade; Podemos; Progressistas; Pros; Avante; PRTB; Republicanos; PMN; PCdoB e MDB.

MPF investiga Bi Garcia por distribuir cestas básicas em ano eleitoral

A realização da convenção que homologou a chapa de Bi Garcia e Tony Medeiros foi realizada no sábado (12). Foto: Reprodução.

Leia mais: Irmãos Lins levam o PP para compor com Bi Garcia pela reeleição em Parintins

A promotora de Justiça Marina Campos Maciel levou em consideração o artigo 73, § 10, da Lei 9.504/97, estabelece que, no ano de eleições, “é proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública”.

Mais cestas básicas

Em março, conforme publicado no site da Prefeitura de Parintins, foram distribuídas 3 mil cestas básicas, compostas por mantimentos e materiais de higiene. 

Na última sexta-feira (11), o prefeito Bi Garcia publicou no Diário Oficial dos Municípios (DOM) nova Ata de Registro de Preços da possível compra de mais 6 mil unidades de cestas básicas, que custam valor unitário de R$ 133,00.

No total, Bi Garcia distribuirá mais de R$ 800 mil em cestas básicas, de novo, em meio ao processo eleitoral.

‘Sem notificação’

Procurada pela equipe de reportagem do Portal AM1 sobre o valor gasto desde o início da pandemia com a compra de cestas básicas, bem como, a quantidade total de cestas básicas já doadas, a Prefeitura de Parintins, por meio de sua assessoria se limitou a dizer que a prefeitura “não foi notificada pelo MPF” sobre a abertura do Procedimento Administrativo Eleitoral. E ignorou as demais questões sobre valores e quantidades.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading