Prefeito de Nova Olinda do Norte diz que denúncia de nepotismo é 'ação politiqueira' - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

7 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Prefeito de Nova Olinda do Norte diz que denúncia de nepotismo é ‘ação politiqueira’

Adenilson Reis recebeu ordem judicial para publicar lista de servidores e funcionários da prefeitura

Prefeito de Nova Olinda do Norte diz que denúncia de nepotismo é ‘ação politiqueira’
Foto: Reprodução

O prefeito de Nova Olinda do Norte, Adenilson Reis (MDB), rebateu as acusações de nepotismo em sua administração, e disse nesta quinta-feira, 2, que todos aos atos de nomeação dos servidores públicos efetivos, temporários e comissionados, de sua gestão, estão disponíveis no Portal da Transparência da prefeitura.

Na terça-feira, a juíza Lina Marie Cabral, da Comarca de Nova Olinda do Norte, deferiu parcialmente, um pedido de liminar contra o prefeito para que ele publique a relação de servidores públicos efetivos, temporários e comissionados no Portal da Transparência. A denúncia foi feita pelo advogado Gilson da Costa Paiva

Leia mais: Justiça manda Adenilson Reis publicar lista de servidores e salários da Prefeitura de Nova Olinda

De acordo com o prefeito, a ação judicial impetrada pelo advogado Gilson da Costa Paiva tem caráter “politiqueiro” do grupo de oposição.

“Os atos da nossa gestão estão todos publicados no Porto da Transparência há muito tempo e, também, disponíveis no Diário Oficial. A nossa administração sempre foi pautada pela transparência e tem o apoio popular. Isso incomoda a oposição, mas não vai nos tirar do prumo”, afirmou Adenilson Reis em nota enviada ao Portal AM1.

Eleições 

O prefeito explica que a motivação da denúncia é porque Gilson da Costa Paiva é sobrinho do ex-vice-prefeito de Nova Olinda, Manoel Paiva, “que faz parte do grupo político de oposição da atual administração”.

“Ele também é irmão da biomédica Gilce da Costa Paiva, que teve o laboratório lacrado, em Nova Olinda, pela Divisão de Vigilância Sanitária (Devisa) municipal atendendo determinação do órgão estadual, por funcionar de forma irregular sem licença do Departamento de Vigilância em Saúde estadual. Estamos em um ano político e sabe-se que muitas denúncias infundadas serão feitas com finalidade politiqueira. Mas estamos tranquilos porque o nosso trabalho é feito com muita transparência”, disse.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading