Amazonenses brilham e conseguem 15 medalhas no brasileiro de Karatê
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Amazonenses brilham e conseguem 15 medalhas no brasileiro de Karatê

O Campeonato Brasileiro de Karatê aconteceu entre os dias 9 a 13 de outubro, na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais

Amazonenses brilham e conseguem 15 medalhas no brasileiro de Karatê

Com apenas 26 atletas que conseguiram arrecadar recursos para viajarem e competirem na Etapa Final do Campeonato Brasileiro de Karatê, que aconteceu entre os dias 9 a 13 de outubro, na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, o Amazonas subiu ao pódio 15 vezes e foi destaque na competição nacional que reuniu mais de 3 mil atletas.

Somente Carlos Faria, o manauara que é uma promessa do Karatê nacional, o Amazonas sagrou-se campeão quatro vezes, sendo em todas as modalidades em que Carlos participou. Com as novas conquistas, Carlos Faria é tricampeão brasileiro nas modalidades Kumitê (lutas eliminatórias) e Katá (demonstração de movimentos de luta). O jovem atleta que luta na categoria sub-14, é o atual campeão Pan-Americano de Karatê sub-14, na modalidade Kumitê, que aconteceu em Guayaquil, no Equador, onde ele também foi vice-campeão na modalidade Katá. 

Além do jovem karateca, a irmã de Carlos, Nathália Faria, também foi medalhista quatro vezes, sendo duas de bronze, uma de prata e uma de ouro. Também teve primeiro lugar  com as jovens Danielle e Renata.

Ulisses Bezerra e Gelivane Lopes, a ‘Vaninha’, consagraram-se medalhistas de prata. Rebeca Fábia, Adalberto Freitas e Paulo Aboim foram medalhistas de bronze.

 

Veja a lista dos medalhistas:

RESULTADO GERAL

Carlos Faria 1° do Ranking Brasileiro por 3 anos consecutivos. Categoria Sub 14 ( 12 e 13 anos)

🥇 Ouro – Estudantil – Modalidade Kumitê

🥇 Ouro – Estudantil – modalidade Kata

🥇 Ouro – Tricampeão Brasileiro – Modalidade Kumitê

🥇 Ouro – Tricampeão Brasileiro – Modalidade Kata

Nathalia Faria – categoria Cadete (14 e 15 anos)

🥇 Ouro – Estudantil – Modalidade Kumitê

🥈 Prata – Brasileiro – Modalidade – Kumitê

🥉 Bronze – Brasileiro – Modalidade Kata

🥉 Bronze – Estudantil – Modalidade Kata

Paulo Aboim categoria Júnior (16 e 17 anos)

🥉 Bronze – Brasileiro – Modalidade Kumitê

Adalberto Freitas Categoria Cadete ( 14 e 15 anos)

🥉 Bronze – Brasileiro – Modalidade Kumitê

Rebeca Fábia categoria sub 14 ( 12 e 13 anos)

🥉 Bronze – Estudantil – Modalidade Kumitê

Danielle Bezerra categoria Júnior

🥇 Ouro – Estudantil – Modalidade Kumitê

Ulisses Bezerra / Sênior (18 anos acima)

🥈 Prata – Brasileiro – Modalidade Kumitê

Renata Bastos / Sênior (18 anos acima)

🥇 Ouro – Brasileiro – Modalidade Kumitê

Gelivane Lopes (Vaninha) Categoria Júnior PCD

🥈 Prata – Paratleta Brasileiro – Modalidade Kata

A competição

O Amazonas competiu com os melhores atletas de todos os 26 Estados, além do Distrito Federal. Conforme o presidente da Federação Amazonense de Karatê (FAK), Washigton Melo, mesmo com todas as dificuldades, o resultado foi satisfatório.

“O Amazonas, em proporção, é uma potência. Porque, a delegação levando 26 atletas e ficar na 15° posição, deixando para trás uma série de estados tradicionais, e que tem um atleta que luta em quatro modalidades e é campeão em todas as quatro, além da irmã dele que também foi medalhista e todos os demais atletas estarem entre os três melhores do país, é sinal que o caminho está correto”, diz o presidente.

Washington Melo (Divulgação)

Washigton Melo lembrou que apenas quatro atletas tiveram patrocínio estadual (dois atletas) e municipal (dois atletas), e que os outros 22, tiveram que “se virar” para conseguir passagens e hospedagens.

“Ou seja, no final o que tivemos foi sucesso total. Estou muito feliz com o resultado e isso só motiva o trabalho, a melhorar o que já temos feito. E a preparação para o Campeonato Brasileiro já começa logo, amanhã, como eu falo sempre para os atletas. O trabalho não pode parar”, finalizou.

Promessas do Esporte

O Amazonas é um celeiro de promessas, entre elas, a jovem Kayane Lucena, que com apenas 8 anos, já conseguiu ganhar 25 medalhas. No Campeonato Brasileiro de Karatê, Kayane não conseguiu medalha, mas o pai, Kario Lucena, conta que só de a filha estar participando mais uma vez da etapa final da competição, já é uma conquista.

Kayane, aos 8 anos, é multimedalhista (Bruno Pacheco/Amazonas1)

“Estamos muito felizes com tudo, mesmo com ela não ganhando, ela fica feliz só de estar competindo, pois sabemos das dificuldades de conseguir patrocínio para viajar e nos hospedar. Nós incentivamos ela sempre a buscar por seus objetivos e a nunca desistir, pois sabemos que ela tem potencial para isso”, diz.

Para o atleta Carlos Faria, representar o Amazonas em competições nacionais e internacionais, é gratificante e ele espera, a cada torneio, evoluir ainda mais.

Carlos Faria (Divulgação)

“É muito gratificante para mim, poder representar o meu Estado no campeonato brasileiro, sagrando-se campeão nas modalidades Katá e Kumitê. E em relação aos que me admiram, eu me sinto honrado, porque em várias vezes eu já pensei em desistir do esporte, mas são essas pessoas e vários outros motivos que me fazem querer continuar e querer mais. Espero manter meu nível e poder representar cada vez melhor o meu Estado e o meu esporte”, enfatiza Carlos Faria.

Veja mais fotos:

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]