Manaus, 29 de maio de 2024
×
Manaus, 29 de maio de 2024

Entretenimento

Apoiadores de Bolsonaro defendem corte de verbas para ‘Parada Gay’

A publicação feita em um grupo no Facebook e obteve mais de duas mil reações e 1.379 comentários

Apoiadores de Bolsonaro defendem corte de verbas para ‘Parada Gay’

Por meio de perfis nas redes sociais, apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), se mostraram favoráveis ao corte de verbas para a Parada do Orgulho LGTB, conhecida como ‘Parada Gay’, que acontece todo ano, na Avenida Paulista, em São Paulo, desde 1997. As declarações foram feitas em uma postagem na rede social Facebook, nesta terça-feira, 6. 

O movimento ocorre desde 1997. (Foto: Reprodução/Internet)

A publicação feita em um grupo no Facebook alcançou mais de duas mil reações e 1.379 comentários. Do ponto de vista dos apoiadores, o dinheiro investido no movimento “renderia mais se fosse investido em saúde, educação, emprego, entre outros”. 

“Esse dinheiro deve ser aproveitado na saúde. Não em malandragem e baderna”, disse um. Para outro, “esses nossos irmãos filhos de Deus não precisam de parada gay! Eles precisam de educação, trabalho e emprego, como nós, honestamente”. “Nada contra os gays, mais já passou o tempo de rasgar dinheiro…”, opinou um terceiro internauta.

Outros comentários apresentam tom de sarcasmo. “Sou a favor se também tiver a parada hétero”, disse um dos apoiadores de Bolsonaro. 

(Foto: Retirada do Facebook)

 

O movimento é marcado por uma série de eventos para a comunidade LBT, que comemoram o orgulho e a cultura de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros. Os eventos também, por vezes, servem como manifestações contra a homofobia e por direitos iguais, como o casamento entre pessoas do mesmo sexo.