Ataque a teatro ucraniano pode ter matado mais de 300 pessoas

A ONU afirmou que a comunicação entre a organização e a Ucrânia, atacada pela Rússia, está diminuindo
Da Redação – Portal AM1
Publicado em 25/03/2022 14:44
Foto reprodução

Um dos ataques mais letais no conflito entre Ucrânia e Rússia foi o bombardeio russo ao teatro em Mariupol, no dia 16 de março. As autoridades locais não conseguem dizer o número exato de mortes, mas segundo relato de testemunhas, mais de 300 pessoas morreram no ataque.

As autoridades da cidade afirmaram que não foi possível chegar a um número exato por conta dos constantes ataques feitos pela Rússia. O teatro Drama abrigava centenas de pessoas.

Leia mais Presidente norte-americano diz que Rússia deveria sair do G20

A Rússia tem negado a autoria dos ataques que estão vitimando centenas de milhares de civis, afirmando que só tem alvos militares.

A ONU, por meio da chefe de monitoramento de direitos humanos na Ucrânia, Matilda Bogner, afirmou que não se tem informações suficientes para verificar o número de mortos no ataque ao teatro.

“Estamos recebendo cada vez menos informações de Mariupol, e, nesse caso específico, ainda tentando verificar os detalhes”, disse Matilda.

(*) Com informações Agência Brasil

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS