MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Autoridades do Amazonas decidem retomar vacinação de adolescentes

Vacinação foi suspensa por recomendação do ministério da Saúde
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
• Publicado em 17 de setembro de 2021 – 18:50
Foto: Agência Brasil

AMAZONAS – A Prefeitura de Manaus vai retomar neste sábado, 18/9, a vacinação contra a Covid-19 dos adolescentes sem comorbidades, suspensa nesta sexta-feira, 17, por recomendação do Ministério da Saúde. A retomada do atendimento ao público de 12 a 17 anos segue decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que aprovou, por unanimidade, em reunião extraordinária realizada no início da tarde, a manutenção da vacinação deste público em todo o Estado. A CIB reúne representantes do governo estadual e dos municípios amazonenses.

O anúncio foi feito em conjunto pelo secretário de saúde, Anoar Samad e pela titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe.

Leia mais: Ministério recomenda suspensão da vacinação de adolescentes contra covid-19

O município considerou a ameaça da variante Delta do novo coronavírus, a maior circulação do público jovem pela volta das aulas presenciais e a aprovação técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a vacinação dos adolescentes no país. Segundo a secretária, também é relevante o fato de Manaus já ter alcançado 84,7% da população vacinável com uma dose e de 41,5 % já estarem com o esquema vacinal completo (duas doses ou dose única), além dos dados epidemiológicos recentes que mostram redução de casos e mortes por Covid-19 na capital.

Com a retomada do atendimento, os adolescentes com e sem comorbidades podem procurar, a partir deste sábado, um dos locais de atendimento da capital, acompanhados de um responsável maior de 18 anos. Para receber a vacina, é necessário apresentar documento de identidade ou certidão de nascimento; CPF ou Cartão Nacional do SUS; e comprovante de residência.

O imunizante aplicado continuará a ser o do laboratório Pfizer/BioNTech, único autorizado pela Anvisa para esta faixa etária no Brasil. Como os adolescentes de Manaus ainda não alcançaram o intervalo de 84 dias entre doses, serão aplicadas apenas primeiras doses.

A decisão da CIB está publicada na resolução nº 208/2021 e foi anunciada pela secretária Shádia Fraxe e pelo secretário de Estado da Saúde, Anoar Samad, em coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), no Aleixo zona Centro-Sul.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap