Bancada do AM deve debater, amanhã, redução de imposto que afeta empregos na ZFM - Amazonas1
21 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Bancada do AM deve debater, amanhã, redução de imposto que afeta empregos na ZFM

Medida anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, na semana passada, atinge diretamente o polo de bicicletas

Bancada do AM deve debater, amanhã, redução de imposto que afeta empregos na ZFM
Fotos: Reprodução

A bancada federal do Amazonas no Congresso Nacional deve se reunir, na terça-feira (23), para tratar da redução do imposto de importação das bicicletas, anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, na semana passada, e que atinge diretamente a produção no Polo Industrial de Manaus (PIM).

A informação foi dada pelo senador Eduardo Braga (MDB) ao Portal AM1. Segundo ele, a reunião contará com os senadores e deputados federais do Amazonas. O senador informou que vai apresentar um Projeto de Decreto Legislativo (PDL), que visa suspender os efeitos da medida de Jair Bolsonaro.

“Tem uma reunião marcada para amanhã, da bancada do Amazonas. Tem uma Proposta de Decreto Legislativo, PDL. Eu apresentarei o PDL para a bancada, na oportunidade, amanhã na reunião, para deliberarmos este tema. Mas, na minha opinião, nós temos que apresentar o Projeto de Decreto Legislativo. Os deputados e senadores já sabem, mas amanhã nós vamos discutir”, disse Braga.

Ao ser questionado sobre uma possível reunião com ministro Paulo Guedes ou algum representante do Ministério da Economia, o parlamentar descartou. “Não. Eles ficaram de marcar, mas não marcaram, não”, disse.

Leia mais: Redução do imposto de importação de bicicletas tira competitividade da ZFM, diz Omar

Na semana passada, em vídeo publicado nas redes sociais, Eduardo Braga já havia adiantado a elaboração do PDL e condenou a medida que acabará gerando mais empregos na China, do que no Brasil, num momento em que o país “precisa gerar emprego e renda para garantir a sobrevivência”.

Além disso, o Portal AM1 entrou em contato com os demais deputados federais e estão sendo elaborados mais dois Projetos de Decreto Legislativo, de autoria dos deputados José Ricardo (PT) e Capitão Alberto Neto (Republicanos).

O senador Omar Aziz (PSD), também já havia anunciado, na semana passada, a intenção de apresentar um PDL para tentar reverter a decisão presidencial, mas adiantou que seria de difícil aprovação no Congresso.

O primeiro, inclusive, conta com assinatura de parlamentares das demais bancadas do Brasil. “Não podemos permitir essa decisão perversa e absurda que vem prejudicar nosso estado com possíveis perdas de empregos e investimentos”, disse o deputado Zé Ricardo.

A reportagem também tentou falar com o senador Omar Aziz e os deputados federais Silas Câmara (PRB), Marcelo Ramos (PL), Sidney Leite (PSD), mas não obteve sucesso.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]