Bancários do Amazonas aderem a greve geral no próximo dia 28 de abril contra reformas

Publicado em 21/04/2017 16:26
O Sindicato dos Bancários do Amazonas (SEEB – AM) estará comunicando os bancos e a população da decisão em aderir a greve aprovada pela categoria. (Foto: Divulgação/SEEB/AM)

Em assembleia geral realizada nesta quinta-feira, 20, por unanimidade os bancários do Amazonas aprovaram a participação na greve geral no próximo dia 28, convocada pelas centrais sindicais, contra as reformas Trabalhista e Previdenciária propostas pelo Governo Federal em total prejuízo aos trabalhadores. A paralisação é nacional.

O Sindicato dos Bancários do Amazonas (SEEB – AM) estará comunicando os bancos e a população da decisão em aderir a greve aprovada pela categoria. O Seeb – AM orienta todos os bancários a não comparecer ao postos de trabalho no dia 28 de abril.
Ainda no dia 28, as centrais sindicais realizarão a partir das 8h da manhã, com concentração no centro de Manaus, avenida Eduardo Ribeiro.

Para o presidente do Seeb – AM, Nindberg Barbosa dos Santos, “Este é o momento importantíssimo e muito delicado em que precisamos dos trabalhadores protestando nas ruas, em especial a categoria bancária, contra a atuação do governo e do congresso nacional prejudicando enormemente os trabalhadores. Vamos repudiar veementemente essas reformas propostas pelo governo que irá prejudicar todas as categorias de trabalhadores e as futuras gerações de trabalhadores nossos filhos e netos, devemos ficar de olho nos parlamentares que votarem a favor do governo e contra os trabalhadores e excluí-los da vida pública nas próximas eleições. Os parlamentares estão avisados que se derem o golpe nos trabalhadores não serão reeleitos para a próxima legislatura”

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS