MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Bolsonaro sinaliza interesse em se filiar ao PL, do opositor Marcelo Ramos

Bolsonaro disse que a escolha de um partido é como um casamento, mesmo você escolhendo bem, ainda assim tem problemas
Edilânea Souza – Portal AM1*
• Publicado em 27 de outubro de 2021 – 10:03
Bolsonaro
Foto: Divulgação

BRASÍLIA, DF – O presidente Jair Messias Bolsonaro disse, durante entrevista à Jovem Pan, na manhã desta quarta-feira (27), que está com a sua filiação atrasada, mas que vem conversando com lideranças partidárias, nas quais tem interesses políticos.

Na ocasião, o presidente disse que tem interesse nas siglas do Partido Liberal (PL) – a quem o próprio presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, fez um convite ou ao Partido Progressistas, no qual esteve por vinte anos e que é presidido por Ciro Nogueira.

Se for para o PL, Bolsonaro estará no mesmo partido do vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos, um de seus maiores críticos e opositor declarado, que defende, inclusive, a abertura de processo de impeachment.

“Eu não penso em política, senão no trabalho. Começar a agradar um ao outro, né, [sic] aí não é trabalho. Eu tenho que ter um partido de qualquer maneira. Eu não sei se vou disputar a reeleição, tá cedo ainda! Hoje em dia, está mais para o PP ou PL, me dou muito bem com os dois partidos. Fiquei no PP uns vinte anos. A atenção passa por aí. Agora, converso com as lideranças desses partidos que eu tenho interesse”, disse o presidente da República.

Ainda sobre a escolha de uma sigla partidária, Bolsonaro falou que está atrasado, mas ainda está na fase do “namoro” e, só depois disso, poderá assumir um “casamento”.

Tenho interesse em indicar metade dos candidatos ao Senado, pessoas perfeitamente alinhadas conosco, que vão ter uma posição lá [Senado] conservadora, uma posição que interesse realmente ao destino do Brasil e tô (sic) atrasado nisso. Mas a escolha de um partido é igual casamento, mesmo escolhendo, às vezes a gente tem problema, imagina se a gente fizer atropelo nessas questões?!”, ressaltou.

Leia mais: Marcelo Ramos se opõe a apoiar entrada de Bolsonaro no PL

Vacina x Aids

Ainda na entrevista, o chefe da República se pronunciou sobre ter relacionado a vacina contra a covid-19 à Aids. Bolsonaro disse que não cometeu fake news, e, inclusive, citou a matéria de uma revista nacional que tratava do tema.

“Eu não inventei, eu usei uma matéria da Revista Exame, você pode ir olhar lá. A Revista faz uma conotação de quem toma a vacina (pode) estar mais propenso ao ter contato com o HIV a se contaminar. Estava lá a matéria há dois dias, aí depois que eu fiz a live, a Exame diz que fiz fake news. Eu não invento nada, botaram na minha conta. Agora, foi lá para aquela CPI do Renan, aquele santuário, a honestidade Renan Calheiros, um monumento à honestidade, que pede para o Supremo bloquear minhas páginas. Agora, não se pode mais falar em vacina, que é crime, derrubam as páginas, não fui eu quem falou aquilo!”, disse Bolsonaro na entrevista.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap