Grupo ‘Anonymous Brasil’ vaza dados pessoais de Michelle Bolsonaro, Mourão, entre outros - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

9 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Grupo ‘Anonymous Brasil’ vaza dados pessoais de Michelle Bolsonaro, Mourão, entre outros

O governador do RJ, Wilson Witzel, e o deputado Douglas Garcia, responsável pelo "dossiê" com dados de antifascistas, também foram expostos

Grupo ‘Anonymous Brasil’ vaza dados pessoais de Michelle Bolsonaro, Mourão, entre outros
Divulgação

Um grupo de hackers que se reivindica como uma célula do Anonymous no Brasil divulgou, neste sábado (1°), um lote de vazamento com dados pessoais de bolsonaristas.

De acordo com o perfil @AnonNewBr, no Twitter, obteve acesso aos servidores da Polícia Civil do Rio de Janeiro durante dois meses.

Os bolsonaristas que tiveram dados expostos são: a primeira-dama Michelle Bolsonaro; o vice-presidente Hamilton Mourão; o guru do governo, Olavo de Carvalho; o ministro da Economia, Paulo Guedes; o assessor e “influenciador” bolsonarista, Leonardo Neto; Tercio Tomaz, assessor ligado ao “gabinete do ódio”; a deputada estadual do PSL, Alana Passos; o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; e o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), que produziu um dossiê para perseguir antifascistas.

Leia mais: Anonymous Brasil expõe dados pessoais de Bolsonaro e de seus filhos

Os dados foram vazados em uma plataforma chamada Doxbin, e incluem informações como endereços, CPF, telefones, renda e até mesmo nomes de vizinhos e familiares.

“Obrigado a Polícia Cívil do Rio de Janeiro pelo banco de dados ~~DEPUTADO DANIEL LUCIO E DOUGLAS GARCIA – VAZADO!”, ironizou o perfil @RUNSEC1, responsável pela divulgação.

 

 

(*) Com informações da Forum

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading