Com o fim do toque de recolher no dia 24, Abrasel pretende retomar delivery após 19h - Amazonas1
4 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Com o fim do toque de recolher no dia 24, Abrasel pretende retomar delivery após 19h

Decreto estadual que determinou toque de recolher por 10 dias na capital encerrará no próximo dia 24 de janeiro

Com o fim do toque de recolher no dia 24, Abrasel pretende retomar delivery após 19h
Foto: Reprodução

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Amazonas (Abrasel), Fábio Cunha, afirmou que pretende retomar, a partir do dia 25 de janeiro, o serviço de delivery após as 19h, uma vez que o decreto de toque de recolher na capital chegará ao fim  no próximo dia 24.

A declaração de Fábio foi dada nessa quarta-feira (20), por meio de vídeo.

No anúncio, ele explica que o governo estadual possui dois decretos em vigor: de suspensão das atividades consideradas não essenciais (até o dia 31 de janeiro) e o decreto de toque de recolher, que proibiu bares e restaurantes de realizarem serviço de delivery após às 19h.

Leia mais: ‘Toque de recolher’ no Amazonas valerá para todos os municípios por 10 dias

Este último, por sua vez, foi decretado no último dia 14, com duração de 10 dias. Portanto, terá fim no próximo dia 24 de janeiro, de fato.

“O toque de recolher, segundo orientação do governo, é de que ele finaliza no dia 24. Então, essa é a orientação do governo. E isso é importante para o setor da alimentação fora do lar, pois o delivery retornará para até as 23h. É importante, porque o delivery é essencial para a população, e tem feito muita falta, até mesmo para profissionais de saúde e pessoas acometidas pela pandemia!”, disse Fábio.

A informação de possível retorno do serviço de delivery, com o fim do toque de recolher, também foi reforçada por Rodrigo Zamperlinni, membro do conselho da Abrasel. Segundo ele, por meio de áudio, embora a medida tenha sido aceita pelos empresários, o setor da alimentação acredita já poder retornar com os serviços de entrega após as 19h, a partir do dia 25.

“O toque de recolher, nesse momento de colapso no sistema de saúde, até que tá [sic]  sendo aceito pelos empresários do setor de alimentação fora do lar. Mas achamos que no dia 25 de janeiro já poderemos retomar o delivery além do horário de 19h. Na verdade, estamos tendo que parar mais cedo do que 19h, e sim às 18h, para poder dar tempo de os funcionários irem para casa”, disse Rodrigo Zamperlinni.

Leia mais: Justiça nega mandado de segurança e mantém suspensão de atividades não essenciais

“As operações de delivery de refeições, a partir do dia 25 de janeiro, já devem operar até 23h, porque é uma maneira de levar a comida pronta para quem não tem como cozinhar, seja na sua casa ou local de trabalho. A opção do delivery é muito importante. E essa atividade do delivery é importante para toda a população”, reiterou.

Ainda não há, até o momento, qualquer posicionamento do Governo do Estado do Amazonas sobre possível prorrogação do toque de recolher ou da suspensão de atividades não essenciais no estado ou na capital. A reportagem entrou em contato com governo, todavia, não obteve retorno até a publicação da matéria.

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading