Combustíveis e aluguel de veículos vão custar quase R$ 3 milhões aos cofres de Urucará - Amazonas1
22 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Combustíveis e aluguel de veículos vão custar quase R$ 3 milhões aos cofres de Urucará

Os documentos que tratam da possível aquisição foram assinados pelo prefeito Enrico Falabella, no último dia 1º, e publicados no Diário Oficial dos Municípios nesta quinta-feira (4)

Combustíveis e aluguel de veículos vão custar quase R$ 3 milhões aos cofres de Urucará
Foto: Reprodução/Facebook

Em Urucará, quase R$ 3 milhões poderão ser usados pelo prefeito Enrico Falabella, para aluguel de veículos e combustíveis. Os documentos que tratam da possível aquisição foram assinados no último dia 1º e publicados no Diário Oficial dos Municípios (DOM), nesta quinta-feira (4).

A maior fatia poderá ser paga para a empresa O DA C DE A SOARES – EPP, que receberá, sozinha, a bolada de R$ 2.555.060,00. No cadastro do estabelecimento na Receita Federal, não há informações sobre quem são os donos e nem sobre o faturamento da empresa.

Mas é informado que a firma tem como principal atividade econômica o comércio de combustível para veículos automotores, além de outras cinco atividades secundárias, que têm a ver com o ramo. Localizado em Urucará, o estabelecimento tem o nome fantasia de Posto Urucará.

Já outros R$ 295.200,00 também poderão ser desembolsados pelo prefeito Falabella para aluguel de veículos. De acordo com o documento publicado no DOM, o nome da empresa que receberá o dinheiro é FERNANDO DE MELO NUNES – EPP e o CNPJ é o nº 26.641.041/0001-50.

Porém, em consulta no site da Receita Federal, a reportagem verificou que o nome empresarial que consta é DEUS E FIEL TRANSPORTES ESCOLARES LTDA e o nome fantasia é DEUS E FIEL COM E SERVICOS. Não existindo no cadastro do CNPJ, o nome da empresa que consta no documento no Diário Oficial.

Quem aparece como sócio-administrador é Jacob Menezes de Souza, conforma aponta o site. O estabelecimento tem especialidade em transporte escolar, entretanto, também realiza outras 26 atividades secundárias, que variam entre aluguel de imóveis, serviço de poda de árvores e comércio de madeira.

Localizada no bairro Santa Luzia, em Urucará, a empresa tem capital social de R$ 400 mil.

No total, o prefeito deverá pagar R$ 2.850.260,00 para as empresas homologadas.

Sem retorno

A reportagem do Portal AM1 entrou em contato com a Prefeitura de Urucará, através do e-mail [email protected], que é divulgada nas redes sociais oficiais do órgão. Porém, não houve retorno aos questionamentos feitos. Veja abaixo.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]