Comitê Anticorrupção lança Curso de Multiplicadores de Voto Consciente

O evento de lançamento ocorre às 10h, no auditório Mãe Paula - Cúria da Arquidiocese de Manaus, situada na avenida Joaquim Nabuco, 1023 – Centro (Próximo ao Colégio Santa Dorotéia)
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 19/04/2022 13:31

MANAUS – Nesta quarta-feira (20), o Comitê Amazonas de Combate à Corrupção vai lançar a programação das atividades a serem desenvolvidas para o processo eleitoral das eleições gerais de 2022. Na ocasião, será anunciada a realização do Curso de Multiplicadores de Voto Consciente nas versões digital, presencial, via programa radiofônico e podcast, para alcançar o maior número possível de eleitores do Amazonas.

O evento de lançamento ocorre às 10h, no auditório Mãe Paula – Cúria da Arquidiocese de Manaus, situada na avenida Joaquim Nabuco, 1023, no Centro (Próximo ao Colégio Santa Dorotéia).

Conforme o advogado e integrante do Comitê, Carlos Santiago, “o Comitê Amazonas de combate à corrupção existe há 8 anos, trabalha objetivando o voto consciente, para que o eleitor vote com ética, visando ao bem comum. Também trabalha na fiscalização do processo eleitoral recebendo denúncias e encaminhando aos órgãos competentes”.

Carlos Santiago também disse que “o Comitê propõe alternativas aos programas de governo dos candidatos. Isso tem sempre acontecido. E no dia 20, amanhã, o Comitê vai lançar sua programação de 2022. Entre as atividades estão os cursos de multiplicadores de voto consciente, e um grupo de trabalho de combate contra a violência política contra a mulher.

Também será apresentada uma ‘Carta Compromisso’ que deverá ser assinada por todos os candidatos ao Governo do Amazonas a partir do dia 16 de agosto, quando já estiverem definidos todos os candidatos que devem concorrer ao governo estadual . Nesta carta, os candidatos assinam pelo “compromisso com a ética, com a transparência e com o desenvolvimento social e econômico do Estado. E ainda, pelo desenvolvimento, inclusive com propostas que somem ao modelo e defesa do Polo Industrial de Manaus. Essas e outras contribuições fazem parte dos trabalhos do Comitê”, destacou Carlos Santiago.

Leia mais: Prefeito assina PL para concurso da Semed, e não garante todos os professores do cadastro reserva

No lançamento, será apresentado o Grupo de Trabalho de Combate à violência política contra a mulher; e os temas das lives, que sucederão uma vez por mês (até julho) após esse mês será quinzenal, em que vão abordar sobre a conscientização do voto consciente, o voto ético, eleições limpas e o Direito Eleitoral; a apresentação da Carta de Compromisso para que os candidatos ao governo assinem; e agenda de debates entre os candidatos ao Governo do Amazonas.

Imagem: Reprodução

O evento conta com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (seccional Amazonas), do Conselho Regional de Economia (Corecon), do Conselho Regional de Administração (CRA), do Conselho Regional de Contabilidade (CRC), do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas (SJPAM), da Federação Nacional dos Jornais (Fenaj) e a Arquidiocese de Manaus na pessoa do Arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Ulrich Steiner, e demais padres e leigos integrantes.    

Membros do Comitê – Foto: Gecilene Sales

O comitê de entidades da Sociedade Civil ligado ao Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral foi criado com o objetivo de propor normas, realizar atividades de fiscalização e promover ações educativas destinadas a tornar o sistema político brasileiro mais inclusivo, com eleições limpas e transparentes. Para tanto, promove ações de educação política, fiscalizamos e comunicamos a ocorrência de crimes de corrupção aos órgãos competentes para apuração e propositura das medidas judiciais cabíveis. No Amazonas, o Comitê é formado pela Arquidiocese de Manaus, Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Regional de Contabilidade, Conselho Regional de Administração, Conselho Regional de Economia e Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas.

(*) Com informações da assessoria

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS