Manaus, 21 de maio de 2024
×
Manaus, 21 de maio de 2024

Cenário

Denúncia: vereador expõe ‘cemitério’ de tubos de drenagem em Manaus

Guedes afirma que devido o local ser cercado por muro, só quem poderia colocar os tubos ali seria a própria prefeitura; o órgão não se manifestou.

Denúncia: vereador expõe ‘cemitério’ de tubos de drenagem em Manaus

Vereador Rodrigo Guedes (Foto: Kelvin Dinelli)

Manaus (AM) – Pelo menos 50 tubos de drenagem de águas pluviais (água da chuva) foram abandonados em um terreno localizado na rua Stênio Neves, que liga a avenida Ephigênio Sales a Humberto Calderaro Filho (Antiga Paraíba), no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul de Manaus.

Os tubos aparecem nas imagens de um vídeo compartilhado pelo vereador Rodrigo Guedes (PP) nas suas redes sociais nesta quinta-feira (18). O parlamentar afirma que passava pelo local quando se deparou com a quantidade de tubos no terreno, que, aparentemente, estão novos.

Guedes até definiu o local como “cemitério de tubos de drenagem”. O que também atenção nas imagens é que o terreno onde estão as tubulações, é de propriedade da Prefeitura de Manaus.

“Aí encontram-se pelo menos 50-60 tubos de drenagem que poderiam estar auxiliando a nossa cidade, que a cada chuva mais forte fica debaixo d’água. O detalhe é que eles não estão cobertos de lodo, o que demonstra que foram pra lá há pouco tempo!”, diz o vereador na legenda da publicação.

O terreno é da Prefeitura de Manaus e está ao lado do Centro de Cooperação da Cidade de Manaus (CCCM).

 

(Foto: Reprodução/Google Maps)

Além disso, o terreno é o mesmo que a Prefeitura de Manaus queria trocar por uma casa localizada no bairro Centro, zona Sul, mas a permuta foi barrada pela Câmara Municipal de Manaus (CMM), que alegou valor desigual entre os patrimônios.

Ainda na publicação de Guedes, ele diz que a Prefeitura de Manaus irá alegar que “não sabia de nada” e afirma que, devido o local ser cercado por muro, só quem poderia colocar os tubos ali seria a própria prefeitura.

“Pasmem, mas é óbvio que vão dizer que não sabiam de nada. Sem sombra de dúvidas, também não foi despejado por particulares porque o lugar é cercado por muro há décadas, ou seja, só pode ter sido jogado pela própria Prefeitura. Somente um ou outro está quebrado, antes que eles venham mentir publicamente”.

Por fim, o parlamentar diz que já está formalizando a denúncia para a Prefeitura de Manaus, bem como para o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e para o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

Assista ao vídeo:

 

Posicionamento

Procurada pelo Portal AM1, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), comandada por Renato Junior, órgão responsável pela infraestrutura da cidade, foi questionada sobre quem despejou os tubos no terreno e se as peças que estão no local ainda serão aproveitadas de alguma maneira; a secretaria também foi questionada se sabia desse despejo de tubos e quais providências a Seminf vai tomar sobre o assunto.

A secretaria também foi questionada quanto à acusação de ser a própria prefeitura que abandonou os tubos no local, e por meio da assessoria, afirmou que está apurando o caso.

LEIA MAIS: