MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Desabrigados após forte chuva, venezuelanos são acolhidos na Vila Olímpica em Manaus

Os 89 venezuelanos que estão em processo de transição para outros estados e foram acolhidos em um espaço provisório nas dependências da Vila Olímpica de Manaus
• Publicado em 04 de maio de 2021 – 16:27
Foto: Divulgação

MANAUS, AM – Oitenta e nove venezuelanos foram acolhidos na Vila Olímpica de Manaus após o posto de triagem da Operação Acolhida, na Avenida Torquato Tapajós, zona Norte, ser atingido pela forte chuva. A ação de acolhida ocorreu nessa segunda-feira (3), por meio do Governo do Amazonas, Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) e da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (FAAR), atendendo ao pedido do Alto Comissariado das Noções Unidas para Refugiados (Acnur).

Os 89 venezuelanos (que estão em processo de transição para outros estados) foram acolhidos em um espaço provisório nas dependências da Vila Olímpica de Manaus, no bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus. “Eu quero agradecer ao nosso governado Wilson Lima, que prontamente nos convocou e nós pudemos acolher 92% de todos os desabrigados da chuva, que foi muito forte em Manaus. Estamos aqui, justamente para dar esse apoio aos venezuelanos, para que eles possam passar esse momento de transição“, destacou Jorge Oliveira, diretor presidente da FAAR.

Leia mais: Galpão é destelhado com a chuva na Zona Norte de Manaus; veja vídeo

Com tais medidas, o governo estadual reafirma seu compromisso com o atendimento às pessoas que mais precisam de tal apoio na área da assistência social, especialmente crianças, mulheres, homens e idosos, que estão sendo obrigados a sair dos seus lares, em razão da crise humanitária que atinge a Venezuela.

“O Governo do Estado está acolhendo essas pessoas aqui na Vila Olímpica, no alojamento de atletas, a Unicef está doando material, a Acnur está doando a parte da alimentação junto à  Operação Acolhida do Exército, uma verdadeira união de esforços. Para quem quiser ajudar, são 89 pessoas entre crianças e adultos, que perderam tudo no acidente da Torquato Tapajós”, afirmou a secretária estadual de Assistência Social, Alessandra Campelo.

A FAAR informa, ainda, que estará recebendo doações de todos as pessoas que quiserem ajudar com roupas, calçados, mantimentos e materiais de cama e banho. As doações serão recebidas na sede da Vila Olímpica, no Dom Pedro, a partir desta terça-feira (04) até sexta-feira (07), período previsto para a permanência dos acolhidos no local, em horário comercial, respeitando todas as medidas de segurança contra a Covid-19.

(*) Com informações da assessoria

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap