MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Desembargadora rejeita ação de David Reis e veta construção de puxadinho da CMM

DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
• Publicado em 24 de setembro de 2021 – 18:46
David Reis já empenhou mais de R$ 31 milhões para construção de ‘puxadinho’ na CMM
Foto: Márcio Silva/Portal AM1

MANAUS – O presidente da Câmara Municipal de Manaus não teve êxito em sua tentativa de derrubar a ordem judicial que impede a construção do puxadinho da Casa no valor de R$ 32 milhões. A desembargadora Socorro Guedes negou no fim da tarde desta sexta-feira o pedido feito pelo vereador David Reis, do Avante.

A magistrada não viu lógica nos argumentos de que falta conforto para os visitantes da CMM, ou que servidores estejam trabalhando em condições precárias como alega o presidente da CMM. Assim como a sociedade manauara, Socorro não viu necessidade na obras.

Leia mais: David Reis suspende licitação de ‘puxadinho’ de R$ 32 milhões

Segue valendo a decisão do dia 17 de setembro, quando o juiz Marcelo Manuel da Costa Vieira aceitou os argumentos dos vereadores Amom Mandel (sem partido) e Rodrigo Guedes (PSC), responsáveis pela suspensão da obra faraônica em plena pandemia e crise econômica.

Socorro afirma que não há “evidências de que o conforto ou bem-estar da população que é atendida nas dependências da CMM ache-se ameaçado caso o procedimento licitatório sub judice reste suspenso até o devido deslinde das questões suscitadas.”

A CMM ainda não se manifestou se vai recorrer mais uma vez e insistir no gasto exorbitante.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap