MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Donald Trump autoriza transição de governo para Joe Biden

No Twitter, Trump escreveu que autorizou a Administração de Serviços Gerais (GSA, na sigla em inglês) vai iniciar os protocolos
• Publicado em 23 de novembro de 2020 – 20:26
Donald Trump autoriza transição de governo para Joe Biden
(COMBO) This combination of pictures created on September 29, 2020 shows US President Donald Trump (L) and Democratic Presidential candidate former Vice President Joe Biden squaring off during the first presidential debate at the Case Western Reserve University and Cleveland Clinic in Cleveland, Ohio on September 29, 2020. Democratic Presidential candidate and former US Vice President Joe Biden speaks during the first presidential debate at Case Western Reserve University and Cleveland Clinic in Cleveland, Ohio, on September 29, 2020. (Photos by JIM WATSON and SAUL LOEB / AFP) (Photo by JIM WATSON,SAUL LOEB/AFP via Getty Images)

Passados 16 dias desde o resultado da eleição, em 7 de novembro, o presidente americano, Donald Trump, deu um primeiro passo para autorizar a transição de seu governo para o do democrata Joe Biden.

No Twitter, ele escreveu que autorizou a Administração de Serviços Gerais (GSA, na sigla em inglês) vai iniciar os protocolos.

“Quero agradecer a Emily Murphy da GSA por sua dedicação e lealdade a nosso país. Ela foi assediada, ameaçada e abusada –e eu não quero ver isso acontecer com ela, com a família dela ou com funcionários da GSA”, disse ele. “Nosso caso continua fortemente, manteremos a luta boa, e acredito que venceremos. De todo jeito, pelo melhor do nosso país, estou recomendando que Emily e sua equipe façam o que precisa ser feito com relação aos protocolos iniciais, e disse à minha equipe para fazer o mesmo”.

https://twitter.com/realDonaldTrump/status/1331013907859845121

Nos EUA, assim que um novo presidente é eleito, a GSA autoriza de maneira formal o início da transição.

Para isso, a agência assina uma carta que libera recursos para pagamento de salários e apoio administrativo aos novos funcionários, além do acesso à burocracia americana –neste ano, o valor total é estimado em US$ 9,9 milhões (R$ 52,97 milhões).

O início do processo de transição aconteceu depois que outros congressistas republicanos criticaram o atraso de Murphy em autorizar a pacífica e organizada transferência de poder.

A equipe do presidente eleito disse que o atraso estava ameaçando a segurança nacional e dificultando as ações de combate à pandemia de coronavírus.

Em uma carta à equipe do presidente eleito, Murphy disse que “nunca foi direta ou indiretamente pressionada por nenhum órgão executivo –incluindo aqueles que trabalham na Casa Branca ou na GSA”.

Ela justificou o atraso dizendo que não queria se adiantar ao processo constitucional de contagem de votos e escolha do presidente.

(*) Com informações da Folhapress

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap