Manaus, 24 de maio de 2024
×
Manaus, 24 de maio de 2024

Cenário

Em Borba, Wilson Lima entrega investimentos de R$ 34 milhões

Entre as ações estão a pavimentação do ramal do Mapiá e a assinatura do termo para instalação de uma usina de oxigênio na cidade.

Em Borba, Wilson Lima entrega investimentos de R$ 34 milhões

(Fotos Alex Pazuello / Secom)

Manaus (AM) – O governador Wilson Lima destacou, nesta sexta-feira (26), investimentos de R$ 34 milhões em obras e melhorias para os setores primário e social em Borba (a 151 quilômetros de Manaus). Entre as ações estão a pavimentação do ramal do Mapiá e a assinatura do termo para instalação de uma usina de oxigênio na cidade.

Segundo o governador, o Governo do Amazonas vem trabalhando para levar melhorias principalmente à população do interior, gerando emprego e renda.

“A minha missão é ajudar quem mais precisa no estado do Amazonas. É ajudar a quem mais necessita. É colocar comida na mesa daquelas pessoas que não tem nada. É ajudar aquelas que precisam, é dar oportunidade, principalmente para o pessoal que está no interior”, destacou Wilson Lima.

Além do governador também estiveram presentes o prefeito de Borba, Simão Peixoto; os deputados estaduais, Roberto Cidade, Sinésio Campos e Alessandra Campêlo; o deputado federal, Silas Câmara, além de secretários Estado como Daniel Borges (Produção Rural); Carlos Henrique Lima (Infraestrutura); Jussara Pedrosa (Justiça, Direitos Humanos e Cidadania); Kelly Paixão (Assistência Social); Vanderlei Alvino (Idam); Sérgio Litaiff (de Governo); Kathelen Braz (Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza); Nayara Maksoud (Saúde); Marcos Vinicius Castro e outros líderes e representantes da cidade.

O ramal do Mapiá recebeu serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação e sinalização em seus 23,7 quilômetros, em mais de 10 comunidades. A obra vai facilitar o acesso da população e fortalecer o escoamento da produção local. O investimento foi de R$ R$ 29,8 milhões, com obra realizada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

“É uma obra que o povo borrabense aguardava isso há mais de quarenta anos. Isso aqui para mim, eu achava que eu não ia ver isso antes de morrer. Hoje eu gasto 15 minutos, antes eu gastava três horas. É um tapete. Isso são coisas que marcam na vida de um governo na vida de um político que quer o bem coletivo”, afirmou o comerciante Manoel Gonçalves, morador do Comunidade Mapiá há 27 anos.

Já a Usina de Oxigênio, fornecida por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), será levada de Manaus ao município e irá funcionar no Hospital Regional Vó Mundoca. A capacidade de produção é de 30 metros cúbicos por hora, suprindo a necessidade do hospital que possui 53 leitos e de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), beneficiando mais de 33 mil pessoas de Borba.

 

Mais entregas

Incentivando o setor primário de Borba, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), o governador entregou 1,2 mil mudas de citros e café, além de 3,9 toneladas de frutas e verduras adquiridas de produtores rurais pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal, e destinados às famílias cadastradas na Rede Socioassistencial do município.

O governador também entregou a chave de uma lancha e um motor 150HP à Associação dos Pescadores e Pescadoras Profissionais e Artesanais do Município de Borba (Asspro), que atua no manejo de peixes. O veículo, fruto de R$ 162 mil via edital do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), deve beneficiar diretamente 60 famílias de agricultores e agroextrativistas durante o processo de escoamento da produção.

Também foram entregues 200 cestas básicas à Colônia de Pescadores Z-26. A distribuição feita por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) é fruto do Edital de Credenciamento nº 01/2023, que contempla Organizações da Sociedade Civil (OSCs) com o benefício.

Ainda no setor primário, o governador assinou contratos com habilitados do Programas de Regionalização do Mobiliário Escolar (Promove). São quatro de produtores rurais que serão beneficiados por meio do Preme com investimento total de R$ 60,3 mil e um de uma empresa moveleira beneficiada pelo Promove com investimento de mais de R$ 45 mil.

O governador entregou, ainda, 291 documentos a produtores rurais, viabilizados por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), sendo 160 Cartões do Produtor Primário (CPP), 120 Cadastros Nacionais da Agricultura Familiar (CAF), 10 Cadastros Ambientais Rurais (CAR) e um CAF Jurídico.

Além dos documentos, o governo também entregou um bote de alumínio e um motor de 100hp à Unidade Local (UnLoc) Idam/Borba, adquiridos com recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do Projeto de Cadastramento Ambiental Rural do Estado do Amazonas (ProjeCAR), coordenado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e que tem o Idam como partícipe.

Ainda em Borba, 148 mulheres foram contempladas com o Crédito Rosa entre 2023 e 2024, com recursos de R$ 490,7 mil. A ação tem a parceria da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). Outros 13 empreendedores foram beneficiados com crédito pela Afeam para impulsionar atividades locais. Nesta ação, foram liberados R$ 222 mil. O atendimento foi feito previamente em parceria com o Sebrae Amazonas.

Cidadania

O Governo do Estado também levou, por meio da Sejusc, serviços de cidadania, como emissão de declaração de hipossuficiência; Pronto Atendimento Virtual para regularização de CPF; entrega de Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea); Carteira de Identificação da Pessoa com Deficiência (CIPcD); e orientação de Crédito Rosa e Idoso Empreendedor.

Também foi anunciada a conclusão da obra do futuro Centro de Convivência do Idoso, com a construção de academia ao ar livre, salas para atividades, lanchonete, palco, auditório e estacionamento. O espaço vai oferecer atividades gratuitas de esporte e lazer. O investimento é de R$ 1,7 milhão.

(*) Com informações da assessoria

LEIA MAIS: