MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Espanha vence Croácia na prorrogação em jogo de oito gols na Eurocopa

Álvaro Morata foi o campeão moral do jogo contra a Croácia na Eurocopa; esquadrão espanhol segue agora para as quartas de final do torneio
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 28 de junho de 2021 – 17:51
Eurocopa
Foto: Stuart Franklin/Reuters

COPENHAGEN, DIN – O atacante espanhol Álvaro Morata teve uma doce redenção ao ajudar sua equipe a alcançar uma vitória por 5 a 3 sobre a Croácia, na prorrogação, nesta segunda-feira (28), para chegar às quartas de final da Eurocopa, em uma partida emocionante.

A Espanha saiu atrás no primeiro tempo com gol contra de Pedri, após recuo de bola que contou com um erro incrível do goleiro Unai Simon, mas parecia estar a caminho de uma vitória confortável com gols de Pablo Sarabia, Cesar Azpilicueta e Ferran Torres.

No entanto, a Croácia conseguiu uma recuperação impensável com gols de Mislav Orsic aos 40 minutos da segunda etapa e Mario Pasalic nos acréscimos para forçar o período extra.

Leia mais: Bélgica bate Portugal e enfrentará Itália na Eurocopa

A Espanha mostrou força mental e venceu graças a um lindo gol de Morata aos 10 minutos da prorrogação e outro de Mikel Oyarzabal três minutos depois.

Com o resultado, a Espanha comemorou a primeira vitória em mata-mata de um grande torneio desde a conquista da Euro 2012 para definir as quartas de final contra França ou Suíça, em São Petersburgo, na sexta-feira.

A seleção da Croácia vai para casa de cabeça erguida, mas ainda à espera de vencer um mata-mata em Eurocopa.

Perseguição

Morata vinha sendo o centro das atenções na campanha da Espanha na Euro em meio a atuações inconsistentes e críticas de seus próprios torcedores. Sua esposa e filhos foram ameaçados por torcedores em Sevilha e ele se queixou de enfrentar ameaças de morte antes do jogo, o que levou o técnico Luis Enrique a pedir uma ação policial.

Morata foi acusado de mostrar pouca disposição em campo, mas demonstrou liderança quando a confiança da Espanha poderia estar abalada, ao controlar um cruzamento de Dani Olmo com um pé antes de chutar forte no alto da rede com o outro.

O goleiro Simon também compensou o erro do primeiro tempo fazendo uma excelente defesa para frustrar Andrej Kramaric no início da prorrogação.

O reserva Oyarzabal marcou momentos depois para aumentar a vantagem da Espanha, desta vez sem recuperação da Croácia.

(*) Com informações da Agência Brasil.

Acompanhe em tempo real através das nossas redes sociais: facebook, instagram e twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap