MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Festival aposta em um jazz que foge do lugar-comum

• Publicado em 06 de abril de 2017 – 13:02
Desde 2009 sediado no Pompeia, o festival é uma espécie de braço no Brasil do clube/gravadora independente de Nova York. (Foto: Divulgação/Nublu)

Na sétima edição, o Nublu Festival se consolida como um dos principais eventos de jazz em São Paulo. Isso porque, diferentemente de outras iniciativas, sua busca é pelo novo, vibrante, mas não necessariamente o “bombado” ou indicado pelas revistas de jazz norte-americanas.

As unidades do Sesc que recebem essa edição são as do Pompeia e o de São José dos Campos, a partir de hoje, 6 de abril. Sua programação traz nomes que mesclam jazz a linguagens de funk, soul e R&B. O saxofonista Kamasi Washington é o grande nome da temporada. Os músicos do The Cookers, também dos EUA, trazem as referências mais clássicas.

Desde 2009 sediado no Pompeia, o festival é uma espécie de braço no Brasil do clube/gravadora independente de Nova York. Foi o sueco Ilhan Ersahin, músico, compositor, produtor musical e empreendedor, que elaborou o projeto em 2002.

Os shows de hoje serão do grupo inglês Cymande e do brasileiro Sambas do Absurdo. Cymande traz, em sua primeira visita ao Brasil, uma espécie de funk afro-caribenho. O Sambas do Absurdo trata-se do novo projeto da cantora Juçara Marçal, que o desenha ao lado de Rodrigo Campos e Gui Amabis.

No sábado, 8, as atrações serão o saxofonista Kamasi Washington e o multiartista Saul Williams (EUA). Williams é considerado um dos maiores da cena spoken word, criador de uma mistura que reúne poesia ao hip-hop. Seu trabalho atual é disco MartyrLoserKing, elaborado em várias cidades do mundo. Seu disco de estreia, em 2001, foi Amethyst Rock Star, produzido por Rick Rubin. Suas performances já foram vistas em mais de 30 países, com leituras em mais de 300 universidades.

E Kamasi, o saxofonista norte-americano que vem pela primeira vez, no auge de sua carreira, já tocou com Snoop Dogg, Kendrick Lamar, Lauryn Hill, Wayne Shorter e Herbie Hancock. Seu show tem como base o repertório do álbum Epic, de 2015. A banda, The Next Step, traz nomes da nova geração, como Rick Washington (sax soprano/flauta), Igmar Thomas (trompete), Brandon Coleman (teclado), Kristopher Funn (baixo), Robert Miller (bateria) e Jonathan Pinson (bateria).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadão 

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap