Manaus, 19 de junho de 2024
×
Manaus, 19 de junho de 2024

Cidades

Governo do AM vai reunir equipe técnica para tratar de reajuste salarial de professores

Conforme o governo, desde 2019, já pagou mais de R$ 139 milhões em abono do Fundeb para todos os servidores

Governo do AM vai reunir equipe técnica para tratar de reajuste salarial de professores

(Foto: divulgação)

Manaus (AM) – O Governo do Amazonas informou que trabalha em um estudo financeiro para definir o percentual de reajuste para os profissionais da rede estadual de Educação do Amazonas. Uma reunião entre a equipe técnica do Estado será realizada nesta quinta-feira (18) a fim de tratar de novas propostas para a categoria.

Uma série de ajustes administrativos, como o recadastramento de servidores, busca a desoneração da folha de pessoal, para ser possível realizar o pagamento da data-base dos profissionais da Educação. 

Conforme o governo, desde 2019, já pagou mais de R$ 139 milhões em abono Fundeb para todos os servidores, entre professores e administrativos, ato inédito até então.  

De 2019 a 2021, houve quase 14% de reajuste salarial, sendo o último, de 9,19% a contar de 01 de janeiro de 2022 e progressão vertical e horizontal de 18,7 mil servidores, além de investimentos realizados na qualificação dos profissionais e melhorias na infraestrutura das unidades de ensino. 

Greve dos professores

Nesta quarta-feira (17), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) realizou uma manifestação em frente à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), mesmo após a Justiça suspender o indicativo de greve da categoria.

Os profissionais exigem o reajuste salarial de 25%, os pagamentos das datas-base de 2022 e 2023, mais o retroativo de 2020 e 2021, com ganho real acima do índice da inflação.

(*) Com informações da assessoria

LEIA MAIS: