MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Homem condenado a mais de 10 anos por crimes de roubo e tentativa de homicídio é preso 

Anderson Oliveira foi preso nessa sexta (23), na zona Leste de Manaus. Ele foi condenado por roubo majorado e tentativa de homicídio
Da Redação – Portal AM1
• Publicado em 24 de julho de 2021 – 09:41
Homem condenado a mais de 10 anos por crimes de roubo e tentativa de homicídio é preso 
FOTO: Divulgação/ PC-AM

Manaus/AM – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu nesta sexta-feira (23/07), por volta das 11h, mandado de prisão em nome de Anderson Oliveira Albuquerque, 39. Ele foi condenado a dez anos e oito meses de prisão por envolvimento em diversos crimes, entre eles, roubo majorado e tentativa de homicídio. A prisão ocorreu no bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus.

O delegado Leonardo Marinho, titular da unidade policial, informou que inicialmente o indivíduo havia sido condenado, no dia 11 de julho de 2012, a cinco anos e quatro meses de reclusão em regime semiaberto pelo crime de roubo majorado.

“Neste crime, ele utilizando uma faca, abordou um homem e subtraiu o aparelho celular dele. Ele inclusive já havia sido preso naquele mesmo ano pela prática do delito, mas fugiu do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) naquele mesmo ano”, disse o delegado.

Leia mais: Em Manaus, suspeito é preso por desviar R$ 1,8 milhão para compra de oxigênio

Segundo Marinho, no dia 21 de maio de 2015, as equipes da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP) conseguiram capturá-lo, porém, quando ele ainda estava foragido, cometeu uma tentativa de homicídio, onde desferiu cerca de seis facadas em um homem, de idade não revelada. Diante disso, as penas foram somadas, e ele fugiu novamente do presídio em março de 2017, e estava foragido desde então. 

Com base nisso, foi solicitado um novo mandado de prisão em nome dele, e a ordem judicial foi expedida nesta sexta (23/07), pela juíza Sabrina Cumba Ferreira, da 2ª Vara de Execução Penal. E desta vez, ele foi condenado a dez anos e oitos meses de prisão em regime fechado.

Procedimentos – Anderson foi encaminhado para o 25° DIP e após os procedimentos cabíveis, será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

(*) Com informações da assessoria

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap