MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Laudo confirma: Marília Mendonça teve morte instantânea e avião não tinha nenhum problema

Cantora e demais ocupantes do avião tiveram politraumatismo, isto é, morte com mais de uma lesão com impacto fatal
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 25 de novembro de 2021 – 19:24

BELO HORIZONTE, MG – Um laudo da Polícia Civil de Minas Gerais (PC-MG) divulgado nesta quinta-feira (25) diz que a cantora Marília Mendonça, falecida em um acidente de avião no dia 5 de novembro, morreu vítima de politraumatismo contuso. Junto com Marília, outras quatro pessoas morreram no mesmo acidente.

A morte por politraumatismo acontece quando o óbito é causado por mais de uma lesão com impacto fatal. O mesmo diagnóstico foi dado para todos os outros ocupantes da aeronave, incluindo pioto e co-piloto.

Leia mais: Mãe de Marília Mendonça quebra silêncio: ‘Deus me deu, Deus tirou’

De acordo com Thales Bitencourt, chefe da superintendência de Polícia Judiciária da PC-MG, foram realizados testes de teor alcoólico e exames toxicológicos nos corpos da cantora e dos demais ocupantes, e não foi constatado “nenhum consumo de substância e nenhum tipo de intoxicação que pudesse contribuir com os óbitos”.

“Todos os exames vieram negativo para outros fatores que pudessem ter contribuído para a morte”, afirmou Bitencourt.

Motivo da queda

De acordo com o delegado Ivan Sales, da PC-MG, os laudos também descartaram uma eventual doença pré-existente do piloto, que talvez pudesse ter causado o acidente. As investigações também descartaram a hipótese de o avião ter sido atingido por uma bala de arma de fogo.

“Podemos induzir que a aeronave não tinha nenhum problema, mas isso só vamos ter certeza com o laudo do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) sobre a aeronave”, completa.

Entenda o caso

Marília Mendonça morreu aos 26 anos de idade, em uma queda de avião no dia 5 de novembro, na Cachoeira da Piedade, em Caratinga (MG), região do Vale do Rio Doce. Ela faria um show na cidade na noite do dia em que aconteceu o acidente. Além de Marília, também morreram seu produtor, seu assessor, o piloto e o co-piloto da aeronave.

(*) Com informações da CNN Brasil.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap