Agricultor é encontrado morto por populares após sair para trabalhar

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

6 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Agricultor é encontrado morto por populares após sair para trabalhar

O corpo da vítima foi encontrado às margens do rio, na comunidade Ebenézer, no Tarumã-Mirim, após sair de casa na segunda-feira para fazer um roçado

Agricultor é encontrado morto por populares após sair para trabalhar
Uma equipe do IML fez a remoção do corpo (Foto: Josemar Antunes/AM1)

O agricultor Francisco Mário Augusto da Silva, 63, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira, 14, às margens do rio, na comunidade Ebenézer, na região do Tarumã-Mirim, zona rural de Manaus. A vítima estava desaparecida há um dia.

Segundo informações do sargento Bráz, do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), a equipe de mergulhadores foi acionada por volta das 11h. No local, a vítima já tinha sido resgatada por populares e não apresentava perfurações pelo corpo.

“Os familiares relataram que o idoso saiu de casa na comunidade do Livramento para trabalhar em um roçado na comunidade vizinha, na segunda-feira. Após o sumiço, eles fizeram buscas pela região e encontraram a vítima boiando na beira do rio”, disse o sargento Bráz.

Francisco Mário Augusto estava desaparecido desde a manhã de segunda-feira (Foto: Josemar Antunes/AM1)

O cadáver foi levado para a base do Pelotão Fluvial da corporação, na rua 7 de Setembro, no bairro Centro, na zona Sul de Manaus, onde uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção. A causa da morte será esclarecida por meio de exames de necropsia.

Acompanhe a live:

Corpo de homem é resgatado

Posted by Amazonas1 on Tuesday, July 14, 2020

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading