MP convoca pais de pacientes que estão à espera de cirurgia no Hospital Francisca Mendes

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

10 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

MP convoca pais de pacientes que estão à espera de cirurgia no ‘Francisca Mendes’

Medida é da Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos à Saúde Pública que deverá ajuizar ações contra o Estado para que estas cirurgias sejam realizadas

MP convoca pais de pacientes que estão à espera de cirurgia no ‘Francisca Mendes’

Em comunicado enviado à imprensa na tarde desta quarta-feira, 4, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) convoca pais e responsáveis de pacientes pediátricos ou infantis que estejam na fila de espera de cirurgia do Hospital Francisca Mendes a comparecer na sede do órgão, na Av. Coronel Teixeira, bairro Nova Esperança, Zona Oeste a partir de sexta-feira, 6, de forma a ajuizar ações judiciais.

Os atendimentos vão acontecer entre os dias 6 e 13 de dezembro, no horário entre 12h e 15h, na Ouvidoria Geral do Ministério Público. Os interessados devem levar a certidão de nascimento dos menores, documentos de identidade e o laudo médico que indique a necessidade do procedimento cirúrgico.  

A iniciativa é da 58ª Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos à Saúde Pública, adotando todos as providências judiciais cabíveis.

Entre abril de 2018 e novembro 2019, cinco Ações Civis Públicas (ACPs) foram ajuizadas por esta promotoria alegando insuficiência no número de profissionais no hospital. Embora o que estejam em risco sejam as vidas pacientes cardíacos, adultos e crianças, as ações na justiça estadual estão, ou sem andamento, ou tiveram pedidos de providência urgente negados.

 

*Com informações da assessoria de imprensa

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading