Professores prometem protesto por data-base; Seduc diz que vai pagar
21 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Professores prometem protesto por data-base; Seduc diz que vai pagar

A categoria quer o aumento salarial de 15% e concurso público para todos os cargos, entre outras reivindicações. A manifestação está marcada para às 8h30.

Professores prometem protesto por data-base; Seduc diz que vai pagar
(Foto: Divulgação)

O Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom/Sindical) prometeu realizar um ato público na manhã desta quinta-feira, 7, a partir das 8h30, em frente à sede da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), na zona Sul de Manaus, para reivindicar o cumprimento da data-base.

Procurada, a Seduc informou que a data-base dos servidores da educação será cumprida no mês de março e que analisará as reivindicações para atendê-las parcial e integralmente ao longo de 2019. A secretaria ressaltou que o ato é um direito dos servidores e que terá reuniões com os representantes das categorias para tratar sobre as pautas de reivindicações.

A coordenadora-geral da Asprom-Sindical, Helena Sampaio, disse que a entidade busca o aumento de 15% sobre a remuneração, reajuste de 50% no auxílio alimentação (a ser pago por turno de trabalho), plano de saúde para aposentados, plano de saúde gratuito para dependentes.

O Sindicato também pede, segundo a nota, a progressão vertical e horizontal, eleição direta para gestor, quantidade de alunos conforme a lei determina e concurso público para todos os cargos, entre outras quesitos que serão pedidos.

Votação em assembleia

De acordo com o coordenador financeiro da Asprom/Sindical e professor, Lambert Melo, a categoria deliberou todas as reivindicações em Assembleia. “A principal reivindicação é a negociação da data-base e nós vamos reivindicar um total de vinte itens para garantia de nossos direitos”, completou.

Durante Assembleia Geral do Asprom/Sindical, realizada no dia 2 de fevereiro, deste ano, professores e pedagogos discutiram e decidiram elaborar uma pauta de reivindicação, dentre as quais, reajuste salarial da inflação em 5% e aumento real de salário de 10%. 

Nota da Seduc

“A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) informa que a data-base dos servidores da educação será cumprida no mês de março, conforme anúncio do Governo do Amazonas em fevereiro. Quanto as demais reivindicações das categorias, a atual gestão da secretaria irá analisar com responsabilidade cada situação verificando a disponibilidade de atende-las parcial e integralmente ao longo do ano de 2019. Em relação ao ato dos professores marcado para a manhã desta quinta-feira (7/2) a Seduc-AM ressalta, ainda, que é um direito dos servidores a livre manifestação e que terá reuniões com os representantes das categorias para tratar sobre as pautas de reivindicações.”

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading