MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Oito anos após quase virar presidente, Aécio Neves vira réu por corrupção

Ex-candidato a presidente do Brasil agora terá de se defender no caso da JBS; Aécio Neves agora é reu por corrupção
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
• Publicado em 05 de setembro de 2021 – 10:18
Foto: Agência Brasil

MINAS GERAIS – Em 2014 o então candidato à presidente da República Aécio Neves (PSDB) foi ao segundo turno contra Dilma Roussef, recebeu mais de 50 milhões de votos e por muito pouco não ganhou a faixa presidencial. De lá para cá, desceu ladeira abaixo e teve de se contentar com o cargo de deputado, após ver seu nome envolvido em escândalos de corrupção. Neste fim de semana, a situação piorou.

A revista Veja revelou que o parlamentar virou réu no caso JBS por corrupção e por obstrução à Justiça. A denúncia foi recebida no gabinete do juiz federal Fernando Toledo Carneiro, da 7ª Vara de São Paulo.

Leia mais: Plínio Valério duvida de candidatura de Arthur Neto ao governo do AM: ‘não vejo como’

Aécio foi enquadrado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), acusado depedir R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista. Além de Aécio, que tem foro privilegiado, vão responder Andrea Neves, irmã dele, Frederico Pacheco de Medeiros, primo, e Mendherson de Souza Lima, ex-assessor do ex-senador Zezé Perrella.

Aécio nega que tenha pedido dinheiro ou cometido qualquer ato ilegal.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap