PGM aciona Justiça para incluir coveiros em grupo prioritário de vacinação contra covid-19 - Amazonas1
1 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

PGM aciona Justiça para incluir coveiros em grupo prioritário de vacinação contra covid-19

Uma lista com os nomes de 157 coveiros e de profissionais que atuam diretamente em necrotérios foi passada à Justiça Federal

PGM aciona Justiça para incluir coveiros em grupo prioritário de vacinação contra covid-19
Foto: Márcio Silva/Portal AM1

A Procuradoria Geral do Município de Manaus (PGM), atendendo a uma determinação do prefeito David Almeida, ajuizou na Justiça Federal, na noite desta segunda-feira (25), uma ação civil pública contra a União, solicitando a inclusão no grupo de prioridade da vacina, dos agentes de inumação, os chamados coveiros, que estão trabalhando, diuturnamente, nos cemitérios de Manaus, ajudando no sepultamento das vítimas da covid-19.

De acordo com o procurador-geral do Município, Marco Aurélio de Lima Choy, mesmo com a adoção de todos os protocolos de prevenção, esses profissionais podem acabar se contaminando com o novo coronavírus.

“Esse é um olhar de humanidade, que o prefeito David Almeida nos chama atenção, para com esses guerreiros, que desempenham suas atividades ficando expostos ao risco da contaminação e, portanto, precisam ser amparados em um grau de prioridade, nesse momento tão difícil que estamos vivenciando em Manaus”, explicou Choy.

Leia mais: Juíza manda governo suspender distribuição de doses da vacina AstraZeneca no Amazonas

Uma lista com os nomes de 157 agentes de inumação e de profissionais que atuam diretamente em necrotérios foi passada ao Poder Judiciário com a solicitação da inclusão no Plano Nacional de Imunização, feito pelo Ministério da Saúde. A PGE aguarda a concessão de uma medida de urgência.

“Nossa expectativa é da concessão de uma medida de urgência, uma medida liminar da Justiça Federal, submetendo a lista dentro de um processo de transparência das pessoas que estão sendo imunizadas e exercendo um papel importante nessa luta de combate à covid-19. No caso dos agentes de inumação, numa trincheira tão difícil, que é a de sepultar nossos entes queridos, precisam ser incluídos”, enfatizou Choy.

 

*Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading