Criminosos levam R$ 200 mil de casa do presidente dos rodoviários
30 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  30oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Criminosos levam R$ 200 mil de casa do presidente dos rodoviários

Um carro modelo Fiat Siena Fire flex, de placas JXV-1437, um celular, um notebook e uma espingarda de pressão também foram levados.

Criminosos levam R$ 200 mil de casa do presidente dos rodoviários
Givancir de Oliveira Silva, 44 (Foto: Divulgação)

A casa do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira, foi invadida e assaltada por cinco homens que levaram cerca de R$ 200 mil em espécie. A casa, considerada de alto padrão, não possui câmeras de monitoramento.

O caso aconteceu na tarde dessa quarta-feira, 29, por volta das 15h30, no município de Iranduba, a 27 quilômetros de Manaus. Givancir não estava no local na hora do assalto. Um carro modelo Fiat Siena Fire flex, de placas JXV-1437, um celular, um notebook e uma espingarda de pressão também foram levados.

Em nota, a Polícia Civil (PC) informou que um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para apurar as circunstância do fato, bem como identificar os autores do crime, recuperar o material roubado do lugar e elucidar o crime. Sobre a origem do dinheiro ou os motivos pelos quais a quantia era guardada na casa do presidente, a PC informou que não vai se pronunciar.

Casa do presidente dos rodoviários, Givancir Oliveira (Divulgação)

Ainda segundo a PC, os funcionários da residência relataram que, ao ouvirem buzinas, abriram o portão principal do imóvel, e cinco homens armados invadiram a casa e os renderam, anunciando o assalto. Na ocasião, os criminosos sabiam da existência de uma espingarda, que estaria embaixo de uma pia e perguntaram onde estava o cofre.

De acordo com a delegada Sylvia Laureana, titular da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) da cidade, o lugar não possuía sinais de arrombamento e o veículo levado pelos bandidos foi utilizado na fuga e, logo depois, abandonado na rua Três de Fevereiro, no bairro Morada do Sol, em Iranduba. Conforme relatos de testemunhas, os assaltantes embarcaram em uma lancha e fugiram do local.

O Amazonas1 tentou contato com o assessor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários em Manaus, George Cúrcio, mas não obteve sucesso.

Confira a nota na íntegra:

“Em resposta a sua demanda, de acordo com a delegada Sylvia Laureana, titular da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta da capital, na tarde de quarta-feira (29/01), por volta das 15h30, a equipe de investigação daquela unidade policial foi acionada para apurar uma ocorrência de roubo, ocorrida em uma residência localizada na Rodovia Carlos Braga, km 5, zona rural do município.

Segundo a delegada, ao chegarem no local informado, a equipe verificou que não havia sinais de arrombamento. Durante apuração dos fatos, os trabalhadores da residência relataram que, ao ouvirem buzinas, abriram o portão principal do imóvel, momento em que cinco indivíduos, portando armas de fogo, adentraram no lugar e os renderam, anunciando o assalto. Na ocasião, os homens disseram que sabiam da existência de uma espingarda, que estaria em baixo de uma pia. Ainda, naquele momento, eles perguntaram onde estava o cofre.

Conforme a autoridade policial foi subtraído do lugar, um cofre contendo aproximadamente R$ 200 mil; um automóvel Fiat Siena Fire flex, de placas JXV-1437; um celular; um notebook; um espingarda de pressão. O lugar não possui câmeras de monitoramento.

A delegada ressaltou que o veículo acima citado foi utilizado na fuga e posteriormente, abandonado na rua Três de Fevereiro, bairro Morada do Sol, em Iranduba. Segundo relatos de testemunhas os autores embarcaram em uma lancha e fugiram do local.

A titular da 31ª DIP destacou, ainda, que um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para apurar as circunstância do fato, bem como identificar os autores do delito, recuperar o material subtraído do lugar e elucidar o crime.”

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading