Denarc apreende 70 quilos de drogas avaliados em R$ 2 milhões

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

7 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Denarc apreende 70 quilos de drogas avaliados em R$ 2 milhões

A apreensão ocorreu em uma chácara, no bairro Tarumã, na zona Oeste da capital amazonense

Denarc apreende 70 quilos de drogas avaliados em R$ 2 milhões
A droga foi encontrada em uma chácara no bairro Tarumã (Foto: Alailson Santos/PC-AM)

Aproximadamente 70 quilos de drogas, avaliados em R$ 2 milhões, foram apreendidos na tarde dessa quarta-feira, 1º, por voltas das 16h, pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc). O material ilícito, entre cloridrato e pasta base de cocaína, estava em uma chácara no bairro Tarumã, na zona Oeste de Manaus.

De acordo com o delegado Paulo Mavgnier, diretor do Denarc, a ação foi deflagrada a partir de investigações da instituição e da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Durante os trabalhos das equipes, um homem identificado apenas como “Coronel”, que guardava a droga, conseguiu fugir do cerco policial.

Delegado Paulo Mavgnier, diretor do Denarc (Foto: Alailson Santos/PC-AM)

“As equipes realizaram monitoramento e, no momento oportuno, adentraram esse lugar e encontraram as drogas. Um indivíduo chamado de “Coronel”, que era o responsável por guardar a droga, conseguiu fugir. Esse infrator, em uma ação isolada, utilizava a casa onde morava, dentro dessa chácara, para guardar a droga”, explicou o diretor do Denarc.

Mavignier destacou que as investigações, em torno do caso, irão continuar para identificar os proprietários da droga, bem como a origem e destinatário da substância ilícita.

“A origem das drogas iremos apurar no decorrer das investigações, mas provavelmente esse material veio do município de Tabatinga. Ainda durante os trabalhos, no lugar, havia outras três pessoas. Elas foram ouvidas no Denarc e liberadas após prestarem esclarecimentos. Seguiremos com as investigações em torno deste caso”, finalizou o delegado.

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading