Homem que invadiu escola e roubou adolescente é preso em Manaus
23 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Homem que invadiu escola e roubou adolescente é preso em Manaus

O crime aconteceu no dia 4 de dezembro de 2019

Homem que invadiu escola e roubou adolescente é preso em Manaus
Preso (Divulgação/PC)

Alderlan Patrício da Silva, 26, foi preso na tarde de quarta-feira, 11, por policiais civis do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em cumprimento a mandando de prisão preventiva por roubo majorado. O crime aconteceu no dia 4 de dezembro de 2019, em uma escola de tempo integral, na avenida Margarita, no bairro Cidade de Deus, na zona Norte da capital.

De acordo com o delegado Torquato Mozer, titular da unidade policial, na ocasião do crime, o infrator pulou o muro da escola e se dirigiu a um grupo de estudantes que estava brincando no pátio do local. O homem anunciou o roubo e tentou pegar o aparelho celular de uma adolescente de 12 anos, porém ela se negou entregar o aparelho, e Alderlan desferiu um golpe de canivete na vítima. Em seguida, ele se evadiu do lugar levando o celular. 

“Após nós tomarmos conhecimento da ação criminosa, representei pelo pedido de prisão preventiva em nome do indivíduo. A ordem judicial foi expedida no dia 9 de dezembro de 2019, pelo juiz George Hamilton Lins Barroso, da Central de Plantão Criminal. Destaco que o indivíduo já possui passagens pela polícia por crimes de ameaça, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas,” relatou Mozer.

Prisão

Durante diligências policiais, a prisão de Alderlan foi efetuada na tarde de ontem, por volta das 14h, na própria residência dele, na rua Andorinhas, bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

Procedimentos

Alderlan foi indiciado por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, o infrator foi levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona Sul da cidade. As informações são da assessoria da Polícia Civil do Amazonas.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading