Menino de 6 anos é acorrentado e agredido pelo próprio pai para 'educá-lo'
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

29 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Menino de 6 anos é acorrentado e agredido pelo próprio pai para ‘educá-lo’

A polícia descobriu o caso após os colegas de escola do menino denunciarem.

Menino de 6 anos é acorrentado e agredido pelo próprio pai para ‘educá-lo’
Foto: Divulgação;/Polícia

Um menino, de apenas seis anos, foi encontrado pela polícia, acorrentado em sua casa. A criança estava ajoelhada ao lado da porta e com a corrente em volta da cintura, e foi o próprio pai que o acorrentou, alegando que batia e acorrentava o filho para ‘educá-lo’.

Criança é raptada, estuprada e mutilada em troca de um picolé

Foto: Divulgação;/Polícia

A situação em que o pequeno estava chocou os policiais, eles divulgaram fotos mostrando as condições em que encontraram a criança. Após libertarem o menino, a polícia constatou que em seu corpo havia sinais de agressões. O caso ocorreu em Aidar-Mykolaivka na Ucrânia.

Menina de 13 anos estuprada e morta pelo pai relatou abusos aos amigos pelo WhatsApp

O pai de 36 anos e a madrasta de 27 anos perderam a guarda da criança após o ocorrido, e  o pai irá responder por abuso e tortura infantil e pode ser condenado a no máximo 5 anos de prisão.

Após ser sequestrada e estuprada, mulher pula de carro em movimento para fugir

O menino relatou para os colegas da escola que frequentemente era agredido e também acorrentado em casa pelo pai. Os colegas contaram para seus pais, que por sua vez realizaram a denúncia para a polícia.

Mãe encontra fotos das filhas sendo estupradas no celular do marido

A criança agora está hospitalizada e depois será encaminhada para um orfanato. “A criança não vai voltar para sua família. Ele está hospitalizado no momento e depois terá o acompanhamento psicológico necessário”, informou um representante da polícia para a imprensa local.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias