‘Paixão’ é morto com duas facadas após desentendimento em bar

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

14 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

‘Paixão’ é morto com duas facadas após desentendimento em bar

O crime ocorreu na rua Marcos Barros, comunidade Novo Reino, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus

‘Paixão’ é morto com duas facadas após desentendimento em bar
Um garoto observa o corpo coberto da vítima (Foto: Josemar Antunes/Amazonas1)

Alessandro Paixão Pinto, 37, conhecido como “Paixão”, foi assassinado com duas facadas nas costas, na rua Marcos Barros, comunidade Novo Reino, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste de Manaus.

O autor do crime foi identificado como apenas de Jorge,  também conhecido pelos apelidos “Júnior Loló” ou “Júnior Tatuado”, que fugiu do local.

Testemunhas afirmaram à polícia que “Paixão” estava ingerindo bebidas alcoólicas com um grupo de amigos, quando se desentendeu com “Júnior Loló” por motivo desconhecido.

Ao virar as costas para pegar um cigarro, o suspeito aproveitou o momento para esfaquear. “Paixão” ainda caminhou do bar para a rua em busca de ajuda, mas não resistiu aos ferimentos no local.

A faca usada no crime foi deixada pelo assassino (Foto: Josemar Antunes/Amazonas1)

O autor do crime abandonou a faca usada no crime e fugiu.

Conforme os moradores, “Júnior loló” estava recente na comunidade e morava na casa de um amigo, após fugir do estado do Pará por agredir a irmã.

À reportagem, os comunitários enfatizaram que “Paixão” não arranjava confusão com ninguém e seu único vício era beber com amigos que fazia.

O crime revoltou os moradores da comunidade. Antes de optar por viver como morador de rua, “Paixão” residia na rua Creuza Coelho, no bairro Zumbi dos Palmares, na zona Leste.

Alessandro foi morto com duas facadas nas costas (Foto: Josemar Antunes/Amazonas1)

Após os trabalhos dos peritos criminais do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Os familiares da vítima não quiseram comentar sobre o crime com a imprensa.

 

“Júnior Loló” ou “Júnior Tatuado” é procurado por assassinato (Foto: Reprodução)

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) inciou as investigações para prender o autor e pede ajuda da população com denúncias pelo número (92) 3636-2874.

A identidade do informante será mantida em sigilo pela autoridade policial.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias