Polícia pede ajuda para localizar motorista de aplicativo desaparecido
26 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Polícia pede ajuda para localizar motorista de aplicativo desaparecido

O motorista Mário Jorge Menezes da Trindade desapareceu na última terça-feira após sair para trabalhar na zona Oeste

Polícia pede ajuda para localizar motorista de aplicativo desaparecido
Desaparecido (Foto: Divulgação/PC-AM)

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), solicita ajuda da população para localizar Mário Jorge Menezes da Trindade, de 39 anos, desaparecido desde a manhã de terça-feira (24), após deixar a companheira no trabalho, na avenida Coronel Teixeira, Condomínio Beethoven, bairro Ponta Negra, zona Oeste de Manaus.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Deops, a companheira do desaparecido, Maria José Goes da Trindade, informou que o marido, como de costume, deixou a esposa no trabalho, por volta de 9h da data mencionada, e que ele seguiria para trabalhar como motorista de aplicativo de mobilidade urbana.

Leia mais : Motorista de aplicativo é resgatado de cativeiro após sequestro 

Segundo a noticiante, Mário também costumava buscá-la, no entanto, ele não compareceu e, desde então, não foi mais visto por familiares. Conforme o BO, Mário estava em um veículo de marca Volkswagen, modelo Gol, de cor prata, e trajava calça jeans e blusa vermelha.

A delegada Catarina Torres, titular da Especializada, solicita a quem tiver informações sobre a localização de Mario, que entre em contato com a Deops pelo número (92) 3214-2270 ou com a mãe dele pelo número (92) 99376-5858.

A Deops está situada nas dependências da Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, 180, bairro Dom Pedro, em frente ao Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo), zona Centro-Oeste da cidade.

Leia mais: Caso Rhuan: Assassina disse que carne do filho em churrasqueira tinha ‘cheiro bom’

(*) Com informações da assessoria

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading