'Leis são feitas para atender a maioria e, não à minoria', diz Bolsonaro

US - R$ 4,13

×

‘Leis são feitas para atender a maioria e, não à minoria’, diz Bolsonaro

Presidente do Brasil participou na noite desta terça-feira, 26, de um culto de ação de graças no auditório Canaã, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, em Manaus

Bolsonaro participa de culto evangélico em Manaus (Foto: Márcio Silva/Amazonas1)

No primeiro dia de sua visita ao Amazonas, o presidente Jair Bolsonaro reafirmou na noite desta terça-feira, 26, que indicará para o Supremo Tribunal Federal (STF) “um ministro cristão e evangélico”, disse ainda que as leis são feitas “para atender a maioria e não a minoria” e que não é preciso ter partido para governar o Brasil.

O presidente participou de um culto promovido pela família do deputado federal Silas Câmara (Republicanos), no auditório Canaã da Igreja Assembleia de Deus, no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus.

“Se nós somos a maioria porque cedemos à minoria? Mas eu entendo que as leis têm que ser feitas para atender as maiorias e, não às minorias. Respeitamos as minorias, mas, nós, o povo (evangélico), é que temos que decidir os rumos de uma nação”, disse Bolsonaro.

Para uma plateia de dois mil evangélicos Bolsonaro agradeceu os votos que o elegeram e reafirmou compromisso de indicar um ministro evangélico ao STF. “Eu tenho duas vagas para o Supremo e uma será de um evangélico”, adiantou o presidente.

Evangélicos em culto com o presidente, em Manaus (Foto: Márcio Silva/Amazonas1)

Família

O presidente voltou a dizer que família não pode ser “o ajuntamento de duas coisas qualquer”. “Fizeram de tudo contra as famílias. Inventaram de tudo para quebrar a célula de uma nação que é a família. Tiveram o descaramento de botar em livros escolares que uma criança pode escolher seu sexo aos 12 anos”, disse Bolsonaro.

O discurso do presidente foi acompanhado ainda pelos deputados federais Silas Câmara, delegado Pablo (PSL), capitão Alberto Neto (Republicanos) e pelo governador, Wilson Lima, que estavam presentes à solenidade evangélica.

Faça um comentário