MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Praciano ‘sonha’ com candidatura ao Senado em 2022, mas decisão será do PT

Praciano diz que não se sente velho e que tem muito a contribuir com a política local e nacional. Ele almeja uma cadeira no Senado Federal
Hellen Miranda – Portal AM1
• Publicado em 02 de agosto de 2021 – 14:55
Praciano-Senado Federal
Foto: Agência Câmara

MANAUS, AM- Afastado do cenário político do Amazonas desde 2018, o ex-deputado federal e ex-vereador de Manaus, Francisco Praciano (PT) não descarta ser opção da sigla para o Senado nas próximas eleições. “Há uma possibilidade, não uma decisão”, declarou ao Portal Amazonas1.

No entanto, ele explicou que só aceita ser candidato, caso o Partido dos Trabalhadores faça uma aliança pela esquerda.

“Se ao PT interessar e se o partido quiser fazer uma aliança pela esquerda é possível a gente conversar. Ainda não tivemos essa conversa porque está muito longe, mas, de qualquer forma, eu registro que há, de certa forma, uma possibilidade, não uma decisão. Eu não preciso ganhar eleição, não estou velho, mas também já cumpri um papel político muito interessante no estado”, disse à reportagem.

Praciano tem 69 anos e teve o nome aprovado como pré-candidato ao Senado pelo PT nas eleições de 2018. Ele, no entanto, acabou sendo substituído pela Vanessa Grazziotin (PC do B), fato que parece não ter deixado mágoa no político. O ex-deputado também foi candidato ao Senado pelo Amazonas nas eleições de 2014. Atualmente, ele não exerce nenhum mandato.

“Eu gosto e continuo fazendo política, já tive cargos de vereador e deputado federal e quero colaborar com a política, mas não mais na Câmara dos Deputados, por isso tentei o Senado na última vez. Estou com o ex-presidente Lula e não abro”, frisou.

Leia mais: Plínio prefere Tasso Jereissati, em 2022, a Arthur Neto

Na hipótese de a sigla petista não fechar uma chapa totalmente da esquerda em 2022, o político já articula uma possível manobra para concorrer ao Senado.

“Se isso acontecer e eu tentasse as eleições do próximo ano, seria fora do PT e como uma opção da esquerda; tanto da base da sigla – eu sei que tem muita gente que não quer essa aliança -, como de outros partidos esquerdistas”, adiantou Praciano.

Questionado sobre a saúde, o político contou à reportagem que teve alguns problemas nos últimos anos, mas que, atualmente, só faz fisioterapia em dos pés – sem revelar mais detalhes sobre a doença.

“Estou bem, hoje moro em uma vila de pescador no interior do Ceará. Mas, meu domicilio eleitoral é no Amazonas. Por isso, espero que Manaus faça a ponte para uma aliança que signifique mudança, não a mesmice. Nós temos a mesma escola há 50 anos, está na hora de mudar isso aí!”, finalizou o aspirante.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap