MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Presa pela morte do marido, Flordelis fica noiva de produtor 35 anos mais jovem

Deputada federal cassada, Flordelis ficou noiva de Allan Soares, com quem assumiu romance meses antes de ser presa pela morte do ex-marido
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 24 de novembro de 2021 – 10:05
Presa no Rio, Flordelis fica noiva de produtor musical de 26 anos
Foto: reprodução

Rio de Janeiro, RJ – A deputada federal cassada, Flordelis, está noiva do produtor musical Allan Soares, com quem assumiu o romance antes de ser presa no Rio de Janeiro.

Acusada de ser a mandante do assassinato do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, Flordelis, de 60 anos, agora se encaminha para um novo casamento com o jovem de 25 anos.

O produtor musical escreveu em seu perfil, nas redes sociais, que está noivo e já apareceu com uma aliança dourada na mão direita. Uma das seguidoras até perguntou “cadê a tua noiva?” em um dos comentários da última postagem do jovem. O casal assumiu o romance em fevereiro de 2021, mas estão juntos desde o fim de 2020.

Flordelis tem recebido visitas do namorado desde que a Justiça concedeu a permissão para que familiares fossem até o Presídio de Bangu, na zona oeste do Rio, para vê-la. A ex-deputada foi presa em agosto de 2021, acusada de ser a mandante do assassinato de Anderson do Carmo.

Leia mais: Flordelis reclama, mas não escapa de júri popular

Filhos condenados

O julgamento de Flordelis ainda está sem previsão para suceder. No entanto, os dois filhos da pastora foram condenados na madrugada desta quarta-feira (24), no primeiro julgamento sobre o caso.

Acusados de executar o plano de morte do pastor Anderson do Carmo, Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos Souza tiveram ciência de suas sentenças no 3º Tribunal do Júri de Niterói, no Rio de Janeiro.

Flávio, filho biológico de Flordelis, foi condenado a 33 anos e 2 meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, porte ilegal de arma, uso de documento ilegal e associação criminosa armada.

Já Lucas, filho afetivo da ex-deputada, foi apontado no caso por comprar a arma do crime e foi condenado a 7 anos e 6 meses por homicídio triplamente qualificado, por decisão da juíza Nearis dos Santos Arce.

(*) Com informações do Metrópoles

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap