Supermercado é flagrado vendendo 26,8 Kg de produtos vencidos na capital - Amazonas1
18 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Supermercado é flagrado vendendo 26,8 Kg de produtos vencidos na capital

Fiscalização aprendeu peças de frango e de carne suína, além de itens em conserva, temperos, bebidas, laticínios e pães

Supermercado é flagrado vendendo 26,8 Kg de produtos vencidos na capital
Foto: João Pedro Sales/Procon-AM

O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) apreendeu 26,8 Kg de alimentos com datas de validade expiradas ou embalagens violadas, nesta terça-feira (23), em um supermercado na Avenida Coronel Teixeira, zona oeste de Manaus.

Dos itens apreendidos, a maior parte (13 Kg) foi de frango. Os fiscais também recolheram peças de carne suína, itens em conserva, temperos, bebidas, laticínios e pães.

Os produtos foram descartados e o estabelecimento, autuado. “Nossas ações de fiscalização em supermercados ocorrem diariamente. É básico, para qualquer estabelecimento, armazenar os produtos em condições adequadas de armazenamento e retirar aqueles que estão com as datas de validade expiradas. Infelizmente nem todos obedecem e, assim, precisam ser autuados”, afirma o diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe.

Atendimentos suspensos

O Procon-AM informa que os atendimentos na sede do órgão, na avenida André Araújo, 1.500, Aleixo, estão suspensos até o dia 31 de janeiro. A medida foi tomada em cumprimento ao Decreto nº 43.271, de 6 de janeiro de 2021.

Neste período, os servidores do Procon-AM, que estão em regime de teletrabalho, realizam atendimentos somente pelo site http://www.procon.am.gov.br e pelos e-mails institucionais [email protected] (denúncias) e [email protected] (reclamações e dúvidas).

Os consumidores também podem entrar em contato por meio do 3215-4015, em funcionamento das 8h às 17h.

As reclamações registradas por e-mail devem ser acompanhadas de cópias dos documentos pessoais do consumidor, de comprovante de residência e de todo e qualquer documento que esteja relacionado à reclamação, como prints, cupom fiscal, fatura contestada, contrato celebrado entre as partes e afins.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]