Taxista mata mulher a tiros após término de relacionamento e se mata

A mulher já estava sendo ameaçada pelo ex e iria pedir medida protetiva
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 13/01/2022 14:34
Foto: Reprodução/Facebook

Uma mulher, identificada como Joslene Candatten Basso, de 52 anos, foi morta pelo ex-marido na tarde da última segunda-feira (1), em Curitiba, Paraná. A vítima estava pedindo medida protetiva contra o ex, já que foi ameaçada por ele.

Joslene estava indo visitar o neto, na casa de sua filha, quando foi surpreendida pelo ex-marido, Robinson Basso, de 72 anos, que acabou atirando nela enquanto ela estava dentro do carro e depois tirou a própria vida com um tiro na cabeça. O casal estava em processo de separação após um casamento de mais de 20 anos e o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Conhecidos relataram que o homem parecia ser tranquilo, mas não estava conformado com o término do relacionamento.

Leia mais: Sem capacete, mulher morre em acidente de moto em Manaus

“Estava em processo de separação, então pelo que a filha falou, ela (Joslene) iria entrar com um pedido de medida protetiva, uma vez que ele estava ameaçando ela [sic]. A filha falou que já houve histórico de agressão, mas muito no passado, quando ela e a irmã dela eram pequenas. Mas agora, recentemente, estava ameaçando a ex-mulher”, disse o tenente Coradin, da Polícia Militar.

De acordo com testemunhas, o crime pode ser premeditado, já que Robinson esteve na casa da filha antes do crime e levou o neto para comprar doce. Mas após deixar a criança na casa da filha, ainda continuou próximo à residência.

“Ele estava aqui na frente, provavelmente estava premeditando, pois todas as vezes que passei aqui, hoje, ele estava ali na frente, acho que estava esperando ela [sic] chegar”, contou uma testemunha.

Quando Joslene chegou à casa da filha, foi surpreendida pelo ex-, que a matou com tiros de espingarda e o crime foi presenciado por uma das filhas do casal. 

“No que ela chegou, ele pegou a arma. Ela fechou o carro e ele já meteu o primeiro tiro nela. Acredito que foi nas costas porque ela estava fechando o carro. E, logo em seguida, ele tentou se matar. Deu um tiro nele, que não deu a morte, pegou o cartucho e colocou novamente, engatilhou e atirou, caindo ali”, relatou a testemunha.

Os dois corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Uma mulher, identificada como Joslene Candatten Basso, de 52 anos, foi morta pelo ex-marido na tarde da última segunda-feira (1)
Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS