Titular da Semsa explica quem não pode tomar a vacina contra covid-19 - Amazonas1
4 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Titular da Semsa explica quem não pode tomar a vacina contra covid-19

De acordo com a titular da Semsa, pessoas que estão com covid-19 ou com suspeita da doença, apresentando sintomas, não podem tomar a vacina

Titular da Semsa explica quem não pode tomar a vacina contra covid-19
Foto: Márcio Silva / Portal Amazonas1

A Prefeitura de Manaus lançou a campanha de vacinação contra a covid-19 nesta terça-feira (19). Os profissionais de saúde serão os primeiros a receber as mais de 40 mil doses da Coronavac destinadas ao município. Ainda existe dúvida da população sobre quem pode e não pode receber a vacina. E, na tentativa de sanar tais dúvidas, a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, explicou quem está no grupo de contraindicações.

De acordo com a titular da Semsa, pessoas que estão com covid-19 ou com suspeita da doença, apresentando sintomas, não podem tomar a vacina. Grávidas, lactantes, crianças e adolescentes também fazem parte do grupo de contraindicações.

“As pessoas que estiverem com covid-19, neste momento, não podem tomar a vacina, bem como: grávidas, crianças e adolescentes”, afirmou Shádia.

Leia mais: Prefeitura inicia vacinação em Manaus nesta terça-feira

A secretária ainda esclareceu que as pessoas que tomarem a primeira dose da vacina devem ficar atentos para o recebimento da segunda dose. Shádia também enfatiza que os cuidados preventivos contra a covid-19 devem ser mantidos neste intervalo entre uma dose e outra.

“A vacina foi programada para imunizar o paciente a uma certa porcentagem, desde que se tome as duas doses. O intervalo entre uma dose e outra pode variar entre 14 a 21 dias. O que a gente tem de deixar claro é que, na primeira dose, as pessoas não podem descuidar. É necessário que se mantenha o cuidado, que se faça a aplicação da segunda dose e que seja da mesma marca da primeira, é importante enfatizar isso”, disse.

Segundo a secretária Shádia, após o recebimento da segunda dose, é esperado que, dentro do período de 40 a 45 dias, a vacina possa alcançar o resultado esperado de imunização contra o novo coronavírus.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading