Traída 16 vezes por Arthur Aguiar, Mayra Cardi diz que perdoar é amor próprio

Mayra Cardi ainda afirmou que Arthur Aguiar é vítima da sociedade: 'A mesma mãe que educa a filha para ser uma princesa educa o filho para comer o maior número de mulheres'
Sabrina Oliveira – Portal Am1
Publicado em 13/01/2022 14:09
Foto: Divulgação

Durante a participação no podcast Joel Jota, Mayra Cardi deu declarações polêmicas em relação ao seu relacionamento com Arthur Aguiar. A coach, que já foi traída 16 vezes, disse que não perdoar traição seria orgulho e não amor próprio.

Leia mais: Após 16 traições, Mayra diz que não controla celular de marido: ‘preciso estar segura’

Na entrevista, Mayra defendeu com unhas e dentes as traições de Arthur Aguiar: “As mulheres que me encontram na rua falam: ‘Eu não vou admitir. Eu amo meu marido, mas eu não vou voltar com ele porque eu me amo’. Eu falo pra ela: ‘Não é que você se ama, é que você tem orgulho. Porque se você se amasse, você não estaria fazendo isso com você’”.

“‘Você acabou de me dizer que está sofrendo, mas não volta. O nome disso é orgulho e não amor próprio. Amor próprio é fazer aquilo que te faz bem, se te faz bem estar com ele, é por orgulho que você não está voltando. Então a gente confunde muito amor próprio com orgulho. ‘Ah eu tenho amor próprio’, não, você é orgulhosa. Amor próprio é o que te faz bem”, disse a coach.

Para justificar as 16 traições de seu marido, ela afirmou que o ator é vítima da sociedade: “Meu marido, e não é defendendo, também é uma vítima da sociedade. Tem uma parcela de culpa, de responsabilidade, não poderia fazer o que fez, mas foi educado dessa maneira”.

“A mesma mãe que educa a filha para ser uma princesa educa o filho para comer o maior número de mulheres”, concluiu.

Prefeituras do Amazonas
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.
Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS